Efeito come-cotas e reinvestimento

Como o efeito come-cotas o deixa mais pobre

Um dos fatores que causam um impacto negativo na construção de seu patrimônio é o come-cotas, imposto que é cobrado dos fundos de investimento a cada 6 meses. Trata-se, na verdade, de uma antecipação da cobrança de imposto de renda, pois ela ocorre antes do resgate do investimento. Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
dinheiro_pais

Quem lida melhor com o dinheiro: Você ou seus Pais?

Já ouviu falar em conflito de gerações? É algo comum, principalmente entre os adolescentes e seus pais. No mundo de hoje as mudanças são constantes e rápidas … muito rápidas. Em 20 anos, muita coisa pode mudar: desde os modos e costumes, passando pela tecnologia, moda e emprego, até finalmente chegar na maneira como as pessoas lidam com o dinheiro. Mas afinal, qual geração cuida melhor dinheiro?

Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
segredos_ricos

4 Segredos dos Ricos que ninguém conta a você!

Quer ficar Rico? Todos querem, mas somente uma pequena parte da população consegue. É claro que o trabalho duro e honesto é uma condição básica para alcançar uma situação financeira tranquila. Mas existem algumas dicas em como trilhar o caminho para a riqueza que podem lhe ajudar muito.

Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
viversemcarro

É possível viver sem carro?

Na semana passada, após uma grande chuva em São Paulo, levei cerca de 2 horas de carro para percorrer um trecho que normalmente levaria cerca de 20 minutos. Durante este tempo que passei lá, fiquei pensando: seria possível, de alguma maneira, viver em uma grande cidade sem ter um automóvel?

Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
armadilhas

Armadilhas que sempre nos enganam na hora da compra.

Depois de ter realizado uma excelente compra, você já teve aquela sensação de que caiu em alguma espécie de armadilha preparada conscientemente para fazer você pagar mais ou comprar o que não deve? Isso é bem comum. Porém, mais comum ainda, é nem perceber estas táticas de venda que são usadas. Vamos descrever algumas delas, para que você as reconheça da próxima vez.

Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
IPCA fev-16

Inflação (IPCA) de janeiro: +0,32%

A inflação medida pelo IPCA para o mês de janeiro veio abaixo das expectativas de mercado: +0,32%, sendo a segunda menor variação registrada para os meses de janeiro desde o início do Plano Real. O grupo Alimentação e Bebidas foi o que mais contribuiu para esta inflação, com variação de +0,90% e impacto de +0,22 pontos percentuais. Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
Melhores investimentos 2019

Melhores investimentos 2019

Com a valorização de +10,82% em janeiro, o Ibovespa passou a acumular +14,70% nos últimos 12 meses, abaixo do ganho de +15,05% do dólar (fechamento de mercado), e do ganho de +21,82% do Tesouro IPCA+ 2045. Já o CDI, acumula ganho de +6,38%, enquanto a poupança teve ganho de +4,59% neste período Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
comprar_novo

Produtos Novos que você não precisa comprar. Compre usado!

Todo mundo quer economizar, mas nem todos conseguem. Que tal ‘aproveitar’ que o país não está nas melhores condições financeiras e tentar uma estratégia inovadora e até um pouco radical? Pare de comprar produtos novos e adquira somente usados! Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
Melhores investimentos janeiro 2019

Melhores investimentos por rentabilidade – Janeiro 2019

Com a alta de +10,82% do Ibovespa em janeiro, os fundos de ações foram os destaques do mês. Na ponta oposta, temos os fundos que investem em Vale (alguns com perdas superiores a -11%) e os fundos cambiais, com perdas de até -5,69%. Na renda fixa, o Tesouro IPCA+ 2045 obteve ganho bastante acima do CDI: +12,67% no mês. Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
Resumo do mercado janeiro 2019

Resumo do Mercado Financeiro – Janeiro 2019

O Ibovespa terminou o mês de janeiro com valorização de 10,82% (maior ganho mensal em 12 meses), aos 97.394 pontos. Já o CDI, teve rentabilidade de 0,54% no mês, o que levou a um acumulado de 6,38% em 12 meses. Pela cotação do Banco Central (Ptax 800), o Dólar teve queda de -5,75% no mês, cotado a R$ 3,6519, enquanto o Euro caiu -5,55% cotado a R$ 4,1927. A poupança nova, por sua vez, apresentou ganho de 0,37%, acumulando 4,59% em 12 meses. Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
x
Assine nossa Newsletter

Digite o seu email e mantenha-se informado,