erros_comuns_destaque

Dois erros comuns de Educação Financeira cometidos pelos jovens.

Algumas decisões que tomamos quando somos jovens têm consequências muito importantes para o nosso futuro. Infelizmente, nem sempre temos a real consciência desta importância, principalmente quando ainda temos uma vida inteira pela frente! Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
Resgate recorde da poupança em 2015

Poupança tem captação líquida de R$ 1 bi em 2018

Depois de dois meses com resgates líquidos, a poupança voltou a ter captação líquida positiva no ano.Até o dia 11 de abril, a poupança registrava R$ 1 bilhão de captação líquida. Após os R$ 4 bilhões registrados em março, abril (até o dia 11) já registrava R$ 3 bilhões. Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
dividas

Vida Real: “Já fiz vários cortes nos meus gastos, mas as dívidas continuam aumentando”

PERGUNTA: Acredito que tenho um bom salário para sustentar a mim e meu filho de 12 anos. Nunca precisei fazer nenhum empréstimo e Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
Dividas

Endividado? Faça o diagnóstico das suas dívidas!

Segundo pesquisa da FecomercioSP, 53,6% das famílias paulistanas estavam endividadas em fevereiro de 2018. Isto significa que 2,09 milhões de famílias tinham algum tipo de dívida para pagar, somente em São Paulo!

Assim, se você tem algum tipo de dívida, neste momento você provavelmente está no mesmo time que a maioria das famílias!

Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
diretores_financaspessoais

Diretores Financeiros sempre têm as Finanças Pessoais em dia?

Em nosso mundo atual a diversidade de produtos financeiros à disposição dos consumidores está cada vez maior: há um número enorme de opções tanto para quem precisa de dinheiro (empréstimos pessoais, financiamentos, cheque especial, crédito consignado, crédito rotativo, etc.) quanto para quem tem dinheiro para aplicar (ações, fundos de investimento, fundos imobiliários, Tesouro Direto, etc.).

Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
IPCA fev-16

Inflação (IPCA) de março varia +0,09%

A inflação medida pelo IPCA para o mês de março, veio abaixo das expectativas de mercado: +0,09%, menor variação para os meses de março desde o início do Plano Real. Os principais responsáveis pela alta foram os grupos de Saúde e Cuidados Pessoais, que passou de +0,38% no mês anterior para +0,48%, e Vestuário, que passou de -0,38% para +0,33%. A inflação acumulada em 12 meses caiu de 2,84% para 2,68%, continuando abaixo do limite inferior de inflação. Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
Melhores investimentos março 2018

Melhores investimentos 2018 – Março

Apesar de ter tido um ganho de apenas 0,01% em março, o Ibovespa registra ganho de 31,36% nos últimos 12 meses. O Euro aparece em seguida com ganho de 22,25% neste mesmo período. Já o CDI, teve rentabilidade de 8,41%, enquanto a poupança teve ganho de 5,91% Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
Melhores investimentos março 2018

Melhores investimentos por rentabilidade – Março 2018

Em março, o euro registrou a maior valorização dentre os principais indicadores de mercado, com alta de +2,66%. Na renda fixa, o CDI rendeu 0,53%, enquanto no Tesouro Direto, o Tesouro Prefixado 2021 registrou a maior alta dentre estes títulos: +1,58%. Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
alternativa_aposentadoria

Alternativas à “aposentadoria” para curtir a melhor idade!

Segundo pesquisa do IBGE, a aposentadoria ou pensão representa 66,2% da renda dos idosos brasileiros.

Isso já era de se esperar, já que a aposentadoria é o produto financeiro mais conhecido no mercado na hora de garantir uma velhice tranquila, do ponto de vista financeiro.

Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
Resumo do mercado - março de 2018

Resumo do Mercado Financeiro – Março 2018

O Ibovespa terminou o mês de março com leve alta de 0,01% chegando aos 85.365 pontos. Com isto, acumulou alta de 30,27% em 12 meses, bastante acima dos 8,51% do CDI para o mesmo período. Pela cotação do Banco Central (Ptax 800), o Dólar subiu +2,43% no mês, cotado a R$ 3,3238, enquanto o Euro subiu +3,20% cotado a R$ 4,0850. No mercado de renda fixa, o CDI e a taxa Selic renderam 0,53% neste mês, enquanto a poupança nova apresentou ganho de 0,39%. Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
x
Assine nossa Newsletter

Digite o seu email e mantenha-se informado,