Poupança x lci x lca x fundo x cdb

Taxa Selic é mantida em 6,5% ao ano. Veja como ficam os investimentos.

Neste último 20 de junho, o Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central) decidiu, por unanimidade, pela manutenção da taxa Selic em 6,50% ao ano pela 2ª reunião consecutiva. Com isto, a taxa é mantida em seu patamar mais baixo, vindo de uma taxa de 14,25% em outubro de 2016. Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
Lembre-se sempre dos custos “associados”

Lembre-se sempre dos custos “associados”

Um erro muito comum na hora de decidir se devemos ou não adquirir algo é esquecermos de analisar TODAS as despesas Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
Juros altos no Brasil: aproveite o lado positivo, passando de “Comprador” a “Vendedor”

Juros altos no Brasil: aproveite o lado positivo, passando de “Comprador” a “Vendedor”

Muito se fala sobre os altíssimos juros cobrados no Brasil, seja no parcelamento da fatura do cartão de crédito, no cheque especial ou nos financiamentos e empréstimos em geral. Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
Saúde Financeira sem contra-indicações

Saúde Financeira sem contra-indicações

Ter saúde financeira não significa ganhar mais dinheiro, mas sim saber gastá-lo, saber diferenciar necessidades de desejos. Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
Resgate recorde da poupança em 2015

Poupança tem captação líquida de R$ 2,4 bi em maio

A poupança continua mantendo captação líquida positiva no ano. Até o dia 30 de maio, a poupança registrava R$ 1,7 bilhão de captação líquida, quantia alcançada com a entrada líquida de mais R$ 2,4 bi em maio. O fato de grande parte dos fundos conservadores e títulos de renda fixa oferecidos pelos grandes bancos estarem rendendo menos do que a poupança explica este fluxo de recursos para este investimento. Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
IPCA fev-16

Inflação (IPCA) de maio sobe +0,40%

A inflação medida pelo IPCA para o mês de maio veio acima das expectativas de mercado: +0,40%, 0,18 pontos percentuais acima da variação registrada em abril. O principal responsável pela alta foi o grupo de Habitação, que passou de +0,17% no mês anterior para +0,83%. Dentro deste grupo, a alta de 3,53% da energia elétrica foi o item de maior destaque. Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
seguro_prev

Seguro de vida ou Previdência? O que é mais importante?

Uma pesquisa da Fenaprevi (Federação Nacional de Previdência Privada e Vida), associação que representa 80 empresas que comercializam produtos de vida e previdência, revelou que os brasileiros têm mais seguros de vida que planos de previdência. E isto vale para todas as classes.

Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
Melhores investimentos maio 2018

Melhores investimentos 2018 – Maio

Com a forte desvalorização de -10,87% em maio, o Ibovespa passou a registrar um ganho de apenas 0,46% no ano. Nos últimos 12 meses, no entanto, a rentabilidade ainda é alta: 22,39%. O Euro aparece em seguida com ganho de 19,75% neste mesmo período, enquanto o dólar subiu 15,46%. Já o CDI, teve rentabilidade de 7,68%, enquanto a poupança teve ganho de 5,55% Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
Melhores investimentos maio 2018

Melhores investimentos por rentabilidade – Maio 2018

Em maio, o dólar registrou novamente a maior valorização dentre os principais indicadores de mercado, com alta de +6,66%. Na renda fixa, o CDI rendeu 0,52%, enquanto no Tesouro Direto, os papéis prefixados e os indexados ao IPCA registraram fortes perdas com a elevação da curva de juros. O Tesouro IPCA+ 2045 registrou perda de -10,52%. Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
Resumo do mercado maio 2018

Resumo do Mercado Financeiro – Maio 2018

O Ibovespa terminou o mês de maio com forte baixa de -10,87% caindo para os 76.753 pontos. Com isto, acumula alta de apenas 0,46% no ano e de 20,00% em 12 meses. Já o CDI, teve rentabilidade de 0,52% no mês, o que levou a um acumulado de 2,64% em 2018 e 7,73% em 12 meses. Pela cotação do Banco Central (Ptax 800), o Dólar subiu +7,35% no mês, cotado a R$ 3,7370, enquanto o Euro subiu +3,76% cotado a R$ 4,3611. A poupança nova, por sua vez, apresentou ganho de 0,37% em maio, acumulando 1,94% no ano e 5,55% em 12 meses. Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
x
Assine nossa Newsletter

Digite o seu email e mantenha-se informado,