Pesquisa recente divulgada pela Fenaprevi (Federação Nacional de Previdência Privada e Vida) mostrou que 78% dos entrevistados não possuem uma reserva financeira. Uma outra pesquisa encomendada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostrou que 57% dos consumidores com mais de 60 anos não possuem reserva financeira ou investimentos.

Economizar dinheiro e conseguir montar uma reserva financeira para cobrir imprevistos parece ser um desafio árduo para os brasileiros.

Economizar Dinheiro - Imagem

Em alguns casos, isto pode ser verdade, mas muitos brasileiros não sabem como economizar dinheiro porque gastam de forma desnecessária e/ou tomam decisões financeiras erradas ou mal planejadas. Uma outra pesquisa encomendada pelo SPC Brasil mostra que 64,2% dos consumidores já se arrependeram por compras que não precisavam. Esta mesma pesquisa mostra que 60,1% dos consumidores compram por impulso, mas só se o orçamento permitir.

Como economizar dinheiro?

A resposta mais simples é “Gaste menos do que ganha”. A resposta é óbvia e todo mundo já deve saber disto, mas ainda assim, pouca gente consegue executar isto. Muitos não só não conseguem economizar, como também se endividam até o pescoço. Na maioria dos casos, as pessoas sabem o quanto ganham, mas não sabem realmente o quanto gastam. Parte destas pessoas diz que sabe “por cima” o quanto gasta, mas quando começa a anotar as despesas, descobre que gastam muito mais…

Se você pretende ser rico, pense em economizar tanto quanto em ganhar.Benjamin Franklin

Em nossa página de Educação Financeira, abordamos os principais pontos para buscar o equilíbrio financeiro e conseguir ter qualidade de vida no presente e no futuro. Aqui, vamos dar algumas dicas para aqueles que não conseguem juntar dinheiro, passarem a economizar e iniciar a formação de uma reserva financeira; e, para aqueles que já conseguem poupar todo mês, passarem a economizar mais e, quem sabe, antecipar a conquista de uma vida mais tranquila.

 

Economizar dinheiro - Pequenas despesas
PEQUENAS DESPESAS

Nós mesmos já escrevemos sobre o custo do cafezinho diário, para demonstrar que as pequenas despesas podem fazer diferença no final de cada mês e uma enorme diferença ao longo dos anos. É justo que, ao final de um dia extenuante de trabalho, você possa curtir um chopinho com os amigos ou comprar algo bastante desejado, mas se isto está acontecendo quase todos os dias, temos um problema aí. Não estamos falando em cortar todos os gastos não-essenciais, mas que precisamos aprender a nos controlar e não gastar por impulso.

 
Supermercado
SUPERMERCADO
Este é um dos itens de maior gasto no orçamento doméstico, principalmente nas famílias de renda mais baixa. No entanto, é possível economizar um bom dinheiro fazendo uma lista de compras, pesquisando preços, substituindo produtos mais caros por outros com preço mais em conta, evitando comprar itens supérfluos, entre outras coisas. Veja algumas dicas de como economizar dinheiro nas compras do supermercado.
 

Economizar dinheiro - Dívidas
DÍVIDAS

Obviamente, se você tem dívidas, fica mais difícil economizar dinheiro, pois é provável que uma parcela expressiva estará sendo usada para pagar juros. Se você frequentemente usa o cheque especial ou o crédito rotativo do cartão de crédito, certamente tem um problema financeiro. A saída aqui é conseguir quitar rapidamente as dívidas, pagando primeiro aquelas com taxas de juros mais altas. Se isto não for possível, é preciso então pesquisar e migrar as dívidas para modalidades de empréstimo com taxas de juros mais baixas. Ao sair do “buraco”, é preciso mudar de atitude e passar a gastar dentro das suas possibilidades, sem precisar tomar dinheiro emprestado ou parcelar pagando juros. A exceção, neste caso, é o financiamento imobiliário, que possui taxas de juros mais baixas, sendo preferível ter reservas acumuladas para imprevistos antes de quitar este tipo de dívida.

- Como sair das dívidas

- Como negociar dívidas

 
Economizar dinheiro - Seguro
SEGUROS

Muita gente já pensou em economizar deixando de ter um seguro, somente para gastar muito mais dinheiro com um imprevisto que o seguro cobriria. Isto vale principalmente para o seguro de automóvel, mas há outros seguros que merecem ser avaliados para se garantir contra imprevistos, como o seguro de vida, seguro residencial e o seguro-saúde.

Se, muitas vezes, não é recomendável deixar de ter um seguro, é possível economizar dinheiro pesquisando cotações. Isto se torna cada vez mais fácil à medida que as cotações de seguros podem ser obtidas através da internet, principalmente com as corretoras on-line. Para um mesmo carro em uma mesma região e com as mesmas condições, pode haver diferenças significativas entre as cotações das seguradoras.

- Veja como economizar dinheiro ao adquirir o seguro do automóvel

- Vale a pena fazer Seguro de Vida?

 
Armadilhas financeiras
ARMADILHAS FINANCEIRAS
É possível economizar um bom dinheiro ao escapar de algumas “armadilhas financeiras”. As mais comuns são o título de capitalização e os investimentos que oferecem sorteios como fundos e CDBs. O motivo é que estes produtos financeiros oferecem baixíssima rentabilidade (muitas vezes, rendendo abaixo da inflação) em troca da possibilidade de ganhar prêmios em sorteios.

Outras armadilhas menos comuns, ou menos perceptíveis, são o oferecimento de produtos inadequados ao seu perfil de risco ou à sua condição financeira. Como exemplos, temos, planos de previdência privada com altíssimas taxas de administração quando o cliente busca apenas um investimento para uma “graninha” que sobrou e não sabe ao certo quando irá usá-la.

- Investir no seu banco pode não ser um bom negócio

- Títulos de capitalização são investimentos?

 
Cartão de Crédito
CARTÃO DE CRÉDITO
Para quem não consegue controlar os impulsos de consumo, o cartão de crédito certamente é uma armadilha financeira. Neste caso, o melhor a fazer é deixar o cartão em casa e pagar as compras à vista.

As pessoas dividem-se entre aquelas que poupam como se vivessem para sempre e aquelas que gastam como se fossem morrer amanhã.Aristóteles

Para os que conseguem se controlar, o cartão de crédito pode ser um ótimo aliado para gerenciar as finanças domésticas, pois permite concentrar o desembolso das despesas em uma única data, o que permite fazer um melhor planejamento financeiro.

No entanto, se você tem e usa muitos cartões de crédito, a vantagem do melhor gerenciamento das finanças se perde, além de ter um maior gasto com as anuidades dos cartões. Ter um ou, no máximo, dois cartões é o suficiente.

- Alternativas para quem não consegue pagar o cartão de crédito

- Pagamento mínimo da fatura do cartão de crédito: não caia nessa!

 
Eparelhos Eletronicos
APARELHOS ELETRÔNICOS
Estamos falando de aparelhos eletrônicos, mas, na verdade, isto vale também para todos aqueles gastos de valor um pouco mais alto como roupas de marca, bolsas, sapatos etc.

No passado, televisão boa era aquela que durava muitos anos e não pifava. Hoje, televisão boa é a que tem a tecnologia mais avançada. Mas, já se perguntou se o valor adicional que você pagou por esta tecnologia mais avançada realmente valeu a pena? Na grande maioria das vezes, não. E o telefone celular? Ipad? Será que faz sentido trocarmos de aparelho todos os anos, só para termos o último modelo?

No texto “Trocar o celular todo ano pode comprometer o seu futuro” abordamos a diferença financeira entre trocar de celular todo ano e apenas de 2 em 2 ou 3 em 3 anos. Ao longo da nossa vida, este valor é enorme! E, se replicarmos isto para todos os bens de consumo que compramos ao longo da vida, o valor total pode significar uma aposentadoria de rei…

Estamos exagerando um pouco, talvez. Porém, esta mudança de atitude pode levar à conquista de muitos sonhos, ao invés de ter um status momentâneo pela aquisição de última tecnologia. Momentâneo porque, certamente, em poucas semanas, o bem já não será de última tecnologia…

Como dica adicional, se a compra for inevitável, não deixe de pesquisar preços e produtos. Com a internet, esta tarefa ficou muito mais fácil, principalmente com os sites de comparação de preços como o Buscapé, entre outros. Tendo uma boa ideia do que comprar e do quanto realmente custa o produto, em muitos casos, é possível negociar um bom desconto na loja.

- Como não cair na tentação de comprar um celular ultramoderno

 
Carro
CARRO

No passado, ter um carro bom significava ter um veículo de locomoção duradouro e confiável, que pudesse levá-lo rapidamente ao seu destino. Hoje em dia, para quem mora nas grandes cidades, ter um carro bom significa ter um veículo com as últimas tecnologias e que lhe confira status e conforto para as longas horas parado no trânsito. Um jeito caro para não se locomover e jogar dinheiro fora! Brincadeiras à parte, dado o péssimo sistema de transporte público, para muita gente não há melhor opção do que ter o próprio automóvel.

No entanto, há aqueles que têm dois ou mais carros na garagem, um para cada membro da família e ainda aqueles que têm um carro extra para rodar no dia do rodízio (coisa de paulistano…). Ainda tem aqueles que moram relativamente perto do trabalho e poderiam gastar menos, mesmo andando de táxi.

O problema é que ter um carro adicional ou ter um carro apenas para uso ocasional pode significar um custo altíssimo para um benefício pequeno. Nestes caos, é possível pensar em meios alternativos de transporte e economizar muito dinheiro. Faça as contas e você poderá chegar à conclusão de que poderá poupar valores exorbitantes ao longo dos anos, e isto sem considerar multas, roubos e outras dores de cabeça, que costumam gerar mais gastos.

Outro ponto importante é o tempo de troca do carro. Quanto menos tempo se espera para fazer a troca do carro, menos dinheiro você estará poupando. A lógica é semelhante à da troca do celular, com a diferença que o carro usado pode ser utilizado na troca por um novo. Pelo lado dos gastos, vale destacar que o carro novo gera mais despesas de seguro e impostos, mas menos gastos com manutenção. Desde que o carro esteja em boas condições de uso, pode-se economizar muito dinheiro ao adiar ao máximo a sua troca.

- Casais com um carro só podem ser mais felizes

- Vale a pena ter um carro para quem mora em grandes cidades?

 
Casa
CASA PRÓPRIA

Para muita gente, ter casa própria gera uma sensação de segurança. Mas, em um mundo em que as oportunidades de negócios e de trabalho podem surgir em lugares diferentes, principalmente para os mais jovens, comprar uma casa pode ser um transtorno a mais na hora de fazer as malas e, pior, pode gerar também um impacto financeiro significativo no seu futuro como, por exemplo, na hora em que precisar vender o imóvel rapidamente.

Ao invés de comprar a casa própria, avalie racionalmente vantagens e desvantagens desta aquisição, comparando com o aluguel. Considere suas perspectivas de mudança de local por conta de casamento, emprego novo, filhos etc. Reflita sobre a sua situação caso perca o emprego ou precise de dinheiro para investir no seu próprio negócio. Será que assumir uma dívida de valor tão elevado por tanto tempo, no caso de comprar o imóvel através de um financiamento, ou imobilizar tanto dinheiro é um bom negócio?

É verdade que, ao comprar um imóvel, este pode representar uma reserva financeira, que pode ser vendido em caso de necessidade. No entanto, vale a pena refletir sobre isto, levando em conta os seguintes pontos:

– Imóveis também se desvalorizam;
– Quando o mercado mostra a valorização dos imóveis, em geral, os preços referem-se apenas a imóveis novos;
– Ao comprar o imóvel, há inúmeros gastos adicionais como reforma, taxas, mobília etc. Com isto, na compra será necessário gastar muito mais do que o valor inicial do imóvel e, na venda, não haverá como reaver estes valores despendidos.

- Comprar ou alugar imóvel para morar?

 
Investimentos
INVESTIMENTOS

Por falta de conhecimento ou falta de orientação, muita gente acaba investindo apenas na caderneta de poupança, enquanto há uma variedade de opções com rentabilidade muito melhor e com riscos equivalentes. Em um investimento de poucos meses, isto não terá uma diferença significativa. Mas, em um investimento de 30 anos, esta diferença de rentabilidade significará um prejuízo enorme ao seu bem-estar futuro.
 

Como economizar dinheiro - Investimento

Como economizar dinheiro – Investimento

 

Há muitos outros itens em que é possível economizar dinheiro, mas é importante salientar que não estamos advogando para que as pessoas se tornem “pão-duras”. O que queremos é fazer com que as pessoas sejam consumidores conscientes, buscando sempre pesar a relação custo vs benefício de cada aquisição. Não é preciso abrir mão de todas as comodidades já conquistadas, mas se quiser ter uma vida tranquila à frente, vale muito a pena cortar ou repensar aquelas que agregam pouco á nossa qualidade de vida.

 

VEJA TAMBÉM

- 5 dicas para organizar o orçamento familiar

- Dicas para não entrar no cheque especial usando o Minhas Economias

 

Caso queira comentar este e outros textos, por favor, encaminhe uma mensagem para contato@minhaseconomias.com.br