Pergunta: Tenho cerca de R$ 10.000 investidos em Fundo DI há algum tempo. No entanto, tenho lido que há melhores opções de investimento. Isto é verdade? Devo mudar de investimento? Estou guardando este dinheiro principalmente para imprevistos.

Resposta: Há uma grande variedade de investimentos disponíveis hoje, mesmo para aqueles que não possuem muitos recursos. Como você aplica em Fundos DI, imaginamos que o seu perfil se investimento seja conservador. Além de produtos tradicionais como a caderneta de poupança e os fundos DI, há ainda os CDBs -DI e as LCIs. Para ajudar na sua escolha, vamos apresentar algumas informações a seguir.

Fazendo uma análise simples, pegamos os principais fundos DI dos seis maiores bancos de varejo (Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Itaú Unibanco, Santander e HSBC), com valores de investimento inicial iguais ou inferiores a R$ 10 mil. O período analisado refere-se ao primeiro semestre de 2011. Plotamos no gráfico abaixo as rentabilidades de cada fundo no semestre em relação ao valor inicial de investimento e também traçamos as rentabilidades do CDB a 80% do CDI, do CDI e da caderneta de poupança.

Como o período de análise é de 6 meses, utilizamos a alíquota de imposto de renda (IR) de 20% para ajustar o rendimento da poupança (lembrando que ela é isenta de IR) de modo a poder compará-la com os demais investimentos, que são tributáveis.

Dos 23 fundos analisados, 15 apresentaram desempenho inferior à poupança, o que significa que, após 6 meses de investimento, as rentabilidades líquidas (descontado o IR) destes 15 fundos foram inferiores à da poupança. O que podemos observar também é que boa parte dos fundos com melhor desempenho exige um valor inicial de investimento maior, mas, em troca, cobram uma taxa de administração menor, a qual é a principal responsável pela diferença no desempenho dos fundos.

sh04-jul-16-1957

Ao incluirmos na amostra os fundos DI que aceitam aplicações  de até R$ 100 mil, vemos que estes novos não tiveram rentabilidade inferior à poupança. No entanto, nenhum fundo DI (em um total de 44 fundos) da amostra superou o CDI no período de 6 meses.

sh06-jul-16-2004

Um investidor com R$ 10 mil tem como opções de investimento de baixo risco e liquidez diária (ideal para quem quer guardar dinheiro para imprevistos) apenas a caderneta de poupança, fundos DI (com taxa de administração de, no mínimo, 1,5% ao ano) e os CDBs-DI (estes, com remuneração de 80 a 90% do CDI para este valor, nos grandes bancos de varejo).

No entanto,  com a necessidade dos bancos médios de captar mais recursos, além de diminuir sua dependência de investidores institucionais, e com a facilidade que a internet oferece hoje, alguns destes bancos passaram a oferecer CDBs-DI com liquidez diária e rentabilidade de 100% do CDI. É verdade que muitos destes bancos apresentam um maior risco de inadimplência na comparação com os grandes bancos de varejo, mas vale lembrar que o CDB é coberto pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito) até o valor de R$ 250 mil por CPF. Desta forma, trata-se de uma excelente alternativa de investimento para o seu caso. Como uma última dica, procure se informar sobre eventuais tarifas e taxas cobradas ao abrir uma conta-corrente que lhe possibilite a compra do CDB.

Caso queira comentar este e outros textos, por favor, encaminhe uma mensagem para contato@minhaseconomias.com.br ou acesse AQUI.