Antes mesmo de fechar o ano, o Tesouro Direto contabiliza negociação anual recorde. Até 30 de novembro de 2015, ele já tinha 907.627 vendas realizadas contra 387.319 em todo o ano de 2014, um aumento de 134%. Em relação ao volume de vendas, até novembro de 2015 houve R$ 12,9 bilhões, o que representa um aumento de 159% em relação a 2014, quando foi registrado volume de R$ 4,98 bilhões.

Esta maior popularização do Tesouro Direto tem a ver, em parte, com a migração de recursos da poupança (tendo em vista o baixo rendimento desta aplicação); uma melhor divulgação das vantagens apresentadas por esta forma de investimento (principalmente por parte das corretoras independentes); uma maior preocupação em relação à aposentadoria (o que explica em parte o grande aumento nos investimentos em títulos indexados à inflação); o péssimo desempenho da bolsa de valores brasileira; e os altos custos cobrados tanto pelos fundos de investimento quanto pelos fundos de previdência privada, entre outros motivos.

 

Tesouro Direto Negócios nov 15 Tesouro Direto tem recorde de negociação em 2015

Tesouro Direto – Negócios
*Dados de 2015 até 30-nov

 

Em relação ao volume de vendas, dentre os principais títulos negociados destaca-se o Tesouro IPCA+ (NTN-B Principal). O aumento foi de 227% na comparação entre 2015 (dados até 30-nov) e 2014, passando de um volume de R$ 1,7 bilhões em 2014 para R$ 5,6 bi em 2015. Outro titulo que teve um grande aumento na procura foi o Tesouro Selic (LFT), que passou de R$ 1,12 bi em vendas em 2014 para R$ 3,46 bi em 2015, um aumento de 208%. Já o Tesouro Prefixado (LTN), terceiro título mais vendido, teve aumento de “apenas” 65%, passando de R$ 1,22 bi para R$ 2,01 bi.

 

Tesouro Direto Vendas anuais nov 15 Tesouro Direto tem recorde de negociação em 2015

Tesouro Direto – Vendas anuais
*Dados de 2015 até 30-nov

 

Considerando as vendas líquidas (vendas menos recompras e vencimentos), o volume total passou de R$ 2,51 bi em 2014 para R$ 6,50 bi em 2015 (até novembro), um aumento de 158%. Dentre os títulos mais negociados, o Tesouro Selic (LFT) foi o que apresentou o maior aumento nas vendas líquidas: 242%, passando de R$ 0,69 bi em 2014 para R$ 2,38 bi em 2015. O Tesouro IPCA+ apresentou aumento de 152%, passando de R$ 1,10 bi para R$ 2,78 bi, enquanto o Tesouro Prefixado passou de R$ 0,57 bi para R$ 0,97 bi, um aumento de 71%.

 

Tesouro Direto Vendas líquidas anuais nov 15 Tesouro Direto tem recorde de negociação em 2015

Tesouro Direto – Vendas líquidas anuais
*Dados de 2015 até 30-nov

 

 

Caso queira comentar este e outros textos, por favor, encaminhe uma mensagem para contato@minhaseconomias.com.br