No mundo capitalista é assim, sempre que a demanda por um produto ou serviço aumenta, começam a surgir no mercado diferentes ofertas, cada uma tentando conquistar o cliente e, claro, o seu dinheiro! E quanto maior a oferta, mais importante é a necessidade de se pesquisar preços, qualidade e atendimento. Isto se aplica também aos produtos e serviços financeiros: investimentos, empréstimos e planos de aponsentadoria, só para citar alguns exemplos.

Particularmente, na área de investimentos, a diversidade de ofertas é enorme! E o pior é que este mundo dos investimentos parece ter o seu linguajar próprio, de difícil entendimento, que mais parece uma verdadeira “sopa de letrinhas” (LCI, CDB, RF, LFT, DI, Selic, LCA, LFT, etc.). Fica realmente difícil escolher qual o melhor investimento.

Se você possui uma grande quantia de dinheiro para investir (ou, pelo menos, uma quantia razoável), os bancos disponibilizarão ‘consultores financeiros’ para lhe ajudar a entender melhor cada uma das possibilidades de investimento. Claro, vale a ressalva de que você corre o risco de acabar escolhendo o melhor investimento ‘para o banco’, e não para você … mas ao menos você terá uma ajuda maior para decifrar o mundo financeiro.

No entanto, se você tem pouco dinheiro, provavelmente esta ‘ajuda’ não será tão fácil de se conseguir. Quem tem uma quantia pequena para investir terá que se esforçar mais e procurar informação principalmente na internet, nas revistas e livros especializados.

À primeira vista pode parecer desnecessário todo este trabalho de busca de informação. Afinal, de que adianta ganhar 1% a mais no ano em uma aplicação, se o valor que este percentual representa é muito pequeno?

Não caia nesta armadilha: um pequeno percentual pode representar uma valor muito alto no longo prazo! Veja neste texto os gráficos que demonstram a evolução do saldo de investimentos de acordo com a taxa de administração.

Por isso, é importantíssimo comparar as rentabilidade e taxas de administração das diversas opções de investimento disponíveis. O MinhasEconomias pode lhe ajudar das seguintes formas:

  • - Página de Comparativo de Investimentos: compare as diversas opções de investimento de baixo risco, analisando informações como taxa de administração, valores mínimos para investimento e última rentabilidade mensal.
  • - Ranking de Investimentos: todo mês divulgamos um texto em nosso blog com diversas informações para que se possa comparar rentabilidades de diversas modalidades de investimento no Brasil.
  • - Indicadores Financeiros: página com a evolução dos principais indicadores financeiros, como Ibovespa, Cotação do Dólar e Euro, Ouro, CDI, SELIC, etc.
  • - Salário Mínimo: valores atualizados e série cronológica do valor do salário mínimo.

Tudo isso para facilitar a sua análise das opções de investimento. Mas, lembre-se: rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura!

 

Caso queira comentar este e outros textos, por favor, encaminhe uma mensagem para contato@minhaseconomias.com.br