Em setembro/2014, o índice Bovespa teve a maior baixa mensal desde maio/2012 (-11,86%) com desvalorização de 11,70%, fechando o mês com 54.115 pontos. No ano, o índice ainda acumula alta de 5,06%, menos do que poupança (5,22%) e CDI (7,83%). Já o dólar comercial (PTAX 800 venda) subiu 9,44% no mês (maior alta mensal desde set/11, quando subiu 16,83%) e 4,63% no ano, cotado a R$ 2,4510. Em relação ao Euro, a variação foi de 5,10% neste mês e -4,06% no ano, sendo cotado a 3,0954. O ouro negociado na BMF subiu 2,70% no mês e 4,97% no ano, ao preço de R$ 95/grama. Exibimos abaixo a evolução das cotações do Ibovespa, do dólar comercial e do euro.

Indicadores financeiros - ibovespa setembro 2014

Indicadores financeiros – ibovespa setembro 2014

 

Indicadores financeiros - dólar setembro 2014

Indicadores financeiros – dólar setembro 2014

 

Indicadores financeiros - euro setembro 2014

Indicadores financeiros – euro setembro 2014

 

Em relação aos indicadores financeiros de renda fixa, o CDI rendeu 0,90% no mês, acumulando 7,83% no ano. A Selic rendeu 0,91% no mês e 7,90% em 2014. Já a poupança nova entre 1º de setembro e 1º de outubro rendeu 0,59%. Entre 1º de janeiro e 1º de outubro, a rentabilidade foi de 5,22%

Indicadores financeiros - setembro 2014

Indicadores financeiros – setembro 2014

 

Quanto aos índices de inflação, o IGP-M apresentou variação positiva de 0,20% em set/14 e 3,54% em 12 meses. Já a expectativa de mercado em relação ao IPCA é de alta de 0,47% no mês, o que geraria uma variação em 12 meses de 6,64%, acima do teto da meta de inflação. A divulgação do IPCA de setembro será realizada em 8 de outubro de 2014.

Indicadores financeiros - inflação setembro 2014

Indicadores financeiros – inflação setembro 2014

 

Acompanhe as rentabilidades mensais dos principais indicadores financeiros na tabela abaixo.

Rentabilidades mensais

Indicadores financeiros - mensal setembro 2014

Indicadores financeiros – mensal setembro 2014

 

Rentabilidades anuais

Em 2014, o Ibovespa, ainda com alta de 5,06% no ano, deixou a liderança dos indicadores financeiros com a perda de 11,50% neste mês. Selic e CDI agora lideram, com altas de 7,90% e 7,83%, respectivamente. Dólar e Euro apresentam alta de 4,63% e queda de 4,06%, respectivamente, enquanto o Ouro sobre 4,97% neste ano. Já a poupança, rende 5,22% em 2014, ao menos acima do IGP-M e do IPCA (1,76% e 4,50%, respectivamente).

Indicadores financeiros - anual setembro 2014

Indicadores financeiros – anual setembro 2014

 

Rentabilidades acumuladas

Para o período de 12 meses, Selic e CDI lideram com 10,42% e 10,32%, respectivamente. Dólar e Euro apresentam alta de 9,91% e 2,56%, respectivamente. Já a poupança nova rendeu 6,98%, pouco acima da expectativa de 12 meses do IPCA: 6,64% e do IGP-M, com variação de 3,54%.

Já na análise para o período de 120 meses (10 anos), o Ibovespa continua perdendo para o CDI: 132,80% x 204,10%. Dólar e Euro perderam valor nestes 10 anos, -14,26% e -12,98%. O IGP-M variou 68,75% e o IPCA, caso se confirme a expectativa de variação de 0,47% em set/14, 69,54%, com a poupança superando ambos os índices de inflação, com rentabilidade de 105,15%

Indicadores financeiros - acumulado setembro 2014

Indicadores financeiros – acumulado setembro 2014

 

Caso queira comentar este e outros textos, por favor, encaminhe uma mensagem para contato@minhaseconomias.com.br