Veja aqui como foi o desempenho do seu fundo frente aos concorrentes e a outros investimentos de baixo risco no mês de março 2013.

Nesta análise, como já comentamos no post anterior, utilizamos apenas os fundos com as seguintes características:

– Distribuídos pelos seis maiores bancos de varejo do País (Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Itaú Unibanco, Santander e HSBC), por conta do péssimo hábito do pequeno investidor brasileiro acessar apenas produtos das instituições nas quais mantém conta bancária;

– Aceitam aplicação inicial entre R$1 e R$ 10 mil, pois o nosso intuito é comparar as opções de investimento para o pequeno poupador;

– Voltados para investidores pessoa física e que não sejam oferecidos exclusivamente aos clientes do segmento de Private Bank.

Fundos DI

Tabela 1 - Fundos DI - março 2013

 Fundos de Renda Fixa

Tabela 2 - Fundos de Renda Fixa - março 2013

 Fundos Multimercado

Tabela 3 - Fundos Multimercado - março 2013

Observações:

– Rentabilidades passadas não são garantia de resultados futuros;

– Rentabilidade dos fundos é líquida da taxa de administração, mas ainda sem desconto do imposto de renda;

– Rentabilidade da poupança foi acrescida em 22,5% (alíquota de imposto de renda para aplicações de um mês), para que este produto possa ser comparado aos demais investimentos. Vale lembrar que a caderneta de poupança é isenta de imposto de renda;

– As informações aqui apresentadas não caracterizam recomendações de investimento;

– As decisões de investimento são de responsabilidade total e irrestrita do leitor. O site não pode ser responsabilizado por prejuízos oriundos de decisões tomadas com base nas informações aqui apresentadas.

 

Quer ver outras informações de fundos? Confira o Comparador de Fundos do Minhas Economias.

Caso queira comentar este e outros textos, por favor, encaminhe uma mensagem para contato@minhaseconomias.com.br ou entre em contato pelo formulário do site.