Muitos especialistas em investimentos costumam dizer que aplicar em ações tende a gerar melhores retornos do que aplicar em renda fixa no longo prazo. Será que isto realmente costuma acontecer?

Não temos intenção de afirmar que um investimento é melhor do que outro. Nosso objetivo aqui é apenas o de acrescentar mais informações à tomada de decisão de um investidor.

Usando os preços diários de fechamento do Índice Bovespa e comparando contra um investimento em um título que paga 100% do CDI (por exemplo, um CDB) calculamos que:

  • - quem investiu R$ 100 no índice Bovespa em 09/mar/1995, teria em 25/05/2012 um montante de R$ 2.547,02;
  • - enquanto os R$ 100 no CDI teriam gerado um saldo de R$ 2.040,23, uma diferença bastante significativa.

No entanto:

  • - quem investiu R$ 100 no índice Bovespa em 13/set/1994, alguns meses antes, hoje (25/05/2012) teria “apenas” R$ 988,26 ;
  • - enquanto o investimento em CDI, neste mesmo período, teria gerado um saldo de R$ 2.525,96.

O gráfico abaixo mostra um comparativo entre investimentos no índice Bovespa e no CDI-over. Diferentemente de outros gráficos tradicionais, este mostra os valores que cada investidor teria ao aplicar R$ 100 em uma certa data e tivesse mantido o investimento até o dia 25/05/2012. A valorização apresentada é bruta, isto é, sem descontar imposto de renda e custos operacionais.

Evidentemente, os picos que aparecem nos dados referentes ao iBovespa correspondem aos momentos de crise, em que os preços das ações despencaram. Os que investiram no índice nos momentos de grande euforia certamente tiveram retorno abaixo do que teriam recebido caso tivessem aplicado no CDI.

Caso queira comentar este e/ou outros textos, por favor, encaminhe uma mensagem para contato@minhaseconomias.com.br