Veja aqui como foi o desempenho das NTN-Bs (títulos públicos indexados ao índice de inflação IPCA) na comparação com o CDI no período de 02/01/2013 a 26/03/2014.

Nosso intuito aqui é apenas o de mostrar visualmente o porquê dos títulos públicos NTN-B (Nota do Tesouro Nacional- série B) serem investimentos de alto risco para aqueles que pretendem resgatá-los antes de seu vencimento. Optamos por trabalhar com as NTN-Bs Principal pois são as preferidas pelos investidores pessoa física por não pagarem juros (cupons) semestrais, permitindo que os juros do período inteiro sejam resgatados no vencimento.

No gráfico abaixo, ilustramos como o saldo evoluiria caso tivéssemos aplicado R$ 1.000 em 02-jan-2013 em um título que paga 100% do CDI e em três diferentes vencimentos de NTN-B.

 

Nos três gráficos seguintes, mostramos a variação diária dos preços de cada um dos NTN-Bs, para que se tenha uma ideia do quanto eles oscilam.  Quanto mais longo for o vencimento do título, maiores oscilações de preços ele apresentará. Um ponto muito importante é que o investidor somente tem a garantia de que não terá prejuízo, se ele resgatar o título no vencimento ou em uma data muito próxima. Em um próximo post, explicaremos melhor como estes preços são influenciados pelas oscilações da taxa de juros prefixada.

 

 

 

 

Caso queira comentar este e outros textos, por favor, encaminhe uma mensagem para contato@minhaseconomias.com.br