Estamos em Outubro e ainda falta um bom tempo para as férias escolares … ou seja, ainda teremos que enfrentar o trânsito das cidades diariamente até que as férias nos tragam um pouco de alívio!

Antes um “privilégio” das grandes cidades, o problema do excesso de carros (ou da falta de ruas e de transporte público) se democratizou, e já começa a atingir as cidades médias também.

Vamos tentar colocar em números este assunto.

Suponha que você gaste 45 minutos para ir para o seu trabalho. Ida e volta, seriam 90 minutos. No mês, lá se vão 1.800 minutos, considerando um mês de 20 dias. No ano, chegamos a 19.800 minutos, já descontando o mês de férias ….

tempo_int

Com esta conta simples chegamos à conclusão que você gasta 330 horas no ano, ou seja, quase 14 dias inteiros em seu carro, no trânsito, só para se deslocar ao trabalho.

Como curiosidade, se você leva 1 hora por dia para chegar ao trabalho (ida e volta, 2 horas), a conta chega a 18,3 dias! Praticamente toda um período inteiro de férias …

Ou seja, é melhor começarmos a criar alternativas para fugir desta situação. Morar mais perto do trabalho (ou trabalhar mais perto de casa, para os que podem…) ou fazer algumas atividades (cursos, academia etc.) em locais e horários que lhe permitam “driblar” o trânsito ,são algumas alternativas.

Pois o dia tem somente 24 horas e ele não faz hora extra!