Afinal, para que trabalhamos tanto? Por que juntar tanto dinheiro, poupar e aprender todos os segredos e leis da Educação Financeira? Fique tranquilo, todo este esforço vale a pena. Sei que existe o velho ditado do “Dinheiro não traz Felicidade”, mas isso não é de todo verdade. Vejamos alguns exemplos.

Esta tarefa de defender o Dinheiro como gerador de Felicidade não é das mais complexas. Tenho certeza de que todos nós temos mais de mil e um exemplos de como o dinheiro pode nos proporcionar pílulas de alegria e contentamento em nossa vida.

Mas o que queremos aqui é encontrar alguns exemplos que lhe dariam um verdadeiro sentimento de Felicidade. Não algo passageiro, momentâneo, que para se manter vivo exige um fluxo constante de dinheiro adicional, quase um vício. Mas sim algo que nos preencha a alma e nos deixe mais serenos para viver em nossa plenitude.

Use o seu dinheiro para trabalhar com o que gosta.
Na minha opinião, esta é talvez um dos melhores usos do dinheiro. Afinal, salvo poucas exceções, temos que trabalhar para viver, certo? E provavelmente passamos mais tempo trabalhando do que fazendo qualquer outra coisa em nossa vida, seja descansando, dormindo ou assistindo o ‘Big Brother’.

Ser capaz de efetivamente escolher o seu trabalho, sem ter que se preocupar com o retorno financeiro de curto prazo, é um privilégio.

Use o seu dinheiro para ajudar outras pessoas.
Se tudo der certo, financeiramente falando, você provavelmente terá mais dinheiro do que realmente precisa para viver uma vida decente. Claro que estamos suponto que você terá uma vida frugal e não se comportará como um consumidor sem limites.

Se este for o caso, por que não usar o dinheiro excedente para ajudar os outros? Não estamos falando em simplesmente dar dinheiro, nem de assistencialismos baratos. Mas realmente ser capaz de criar um projeto que faça a diferença na vida das pessoas que mais precisam.

dinheiro_felicidade_interior

Use o seu dinheiro para garantir (só um pouco) o futuro de seus filhos.
Dar um futuro tranquilo para seus filhos(as) é um dos objetivos da maioria dos pais. E o dinheiro pode sim ser usado para este fim. Mas não se esqueça que você precisará se esforçar muito mais para alcançar este objetivo, só o dinheiro não basta.

Educação, carinho, confiança, humildade, perseverança e resiliência são só algumas das ‘heranças’ que você terá que deixar para seus filhos e que são muito mais importantes que uma recheada conta bancária.

Use o seu dinheiro para ter mais tempo livre.
TEMPO. Este é um dos recursos mais caros em nossa vida moderna. Não o desperdice. E se sobrar algum dinheiro, por que não usá-lo para ‘comprar’ um pouco de tempo livre?

Use o seu dinheiro para cuidar mais da sua saúde.
Quando somos jovens, não temos dinheiro mas temos saúde. E à medida que envelhecemos, nos falta a saúde e o dinheiro pode começar a sobrar!
Invista em sua saúde desde já. Exitem hábitos que vão lhe ajudar a ter uma saúde melhor e que não custam nada, ou muito pouco. Porém, sua saúde pode precisar de procedimentos muito caros.

Com o desenvolvimento da medicina, muitas das técnicas, remédios e médicos de primeira linha vão lhe custar um cheque bem ‘pesado’. Porém, as suas chances de ter uma boa saúde serão maiores. Assim, prepare-se: cada vez mais o valor da ‘saúde’ em seu bolso será mais significante.

Use o seu dinheiro para viver mais e melhor.
Para que viver mais se você não consegue viver bem? É preciso viver mais e com boa qualidade de vida.
Isso significa ter saúde, poder viajar, curtir os netos e netas e o que mais a vida permitir. E isso custa dinheiro!

Será que todos estes pontos descritos até aqui são possíveis de serem alcançados sem dinheiro? Sem dúvida nenhuma que sim. Mas é certo que o dinheiro vai dar uma bela ajuda para conquistá-los!