Prometo que neste novo ano vou finalmente sair das dívidas e passar a viver no AZUL! Azul que representa, não apenas o céu livre de nuvens ou o mar em um dia ensolarado …. mas, principalmente, menos preocupações no dia a dia com relação ao pagamento da próxima prestação do empréstimo ou ao parcelamento do cartão de crédito.

Prometo que vou conter o meu impulso por compras supérfluas. Que toda vez que der aquela vontade incontrolável de comprar alguma coisa, não vou fazê-la imediatamente. Não importa se a oferta for única, imperdível e que provavelmente nunca mais verei um desconto como aquele. Também não importa que haja uma multidão de pessoas aproveitando a promoção, todas felizes e com cara de estarem fazendo “um bom negócio”. Vou dar meia volta e primeiro analisar se realmente “eu preciso” daquele produto. Depois, se posso pagá-lo. E finalmente, se aquela compra pode ser deixada para depois.

Prometo que também vou evitar as compras parceladas, mesmo que o valor de cada prestação seja tão baixo que “não vai dar nem para sentir no final do mês”, ou mesmo que estas parcelas sejam sem juros (apesar de sabermos que, na verdade, nunca o são).

Prometo que vou fazer um controle financeiro, anotando e analisando todos os meus gastos e receitas. E, principalmente, prometo que isto irá durar muito mais que três meses, meu recorde pessoal …

Prometo que vou fazer sobrar um dinheiro todo final de mês e que vou passar a estudar mais sobre os diversos tipos de investimentos que existem no mercado. A partir de hoje, quero que o dinheiro trabalhe para mim e não o contrário.

Prometo que, apesar de todo este controle financeiro e do corte de gastos, não vou me tornar uma pessoa mesquinha, vivendo somente para economizar.

Prometo que vou prestar mais atenção em como minhas decisões de consumo influenciam a questão da sustentabilidade de nosso planeta. E passar da indignação e inconformismo com relação a este tema, para a efetiva tomada de alguma ação para mudar a situação atual.

Prometo que vou gastar melhor … e não necessariamente mais.

Enfim, prometo realizar meus melhores sonhos e buscar uma vida mais tranqüila e feliz através do equilíbrio financeiro! E se não der para cumprir todas estas promessas, que pelo menos consiga realizar a maioria delas … afinal, sempre tem o ano que vem para terminar a lista!