Para aqueles que gostam de uma loteria, aqui vai uma grande dica: o megainvestidor Warren Buffet, um dos homens mais ricos do mundo, está oferecendo um prêmio de 1 bilhão de dólares para quem conseguir prever corretamente o resultado de todos os jogos de basquete universitário dos Estados Unidos (National Collegiate Athletic Association).

Louco ou Generoso ao extremo? Bem, Warren Buffet não ficou rico por acaso nem por sorte. Com sua fortuna (cerca de 58 bilhões de dólares) ele seria realmente capaz de pagar o valor de 1 bilhão de dólares, sem grandes ‘estragos’ para a sua situação financeira. Mas ainda assim este valor é considerável e muito provavelmente ele não é o tipo de homem que joga dinheiro pela janela.

O fato é que a probabilidade de alguém acertar todos os jogos é muito, mas muito pequena. O cálculo exato desta probabilidade também é difícil pois depende de algumas premissas. Por exemplo, se o apostador é um conhecedor dos times e dos jogadores, ele terá maior chance de acertar; mas se o apostador for um brasileiro que só acompanha o campeonato brasileiro de futebol, as chances dele serão muito menores. Só como exemplo, os cálculos desta probabilidade podem ir de 1 para cada 4,3 bilhões (no caso mais otimista) até de 1 para cada 128 bilhões.

E que lições tiramos disso?

Bem, em primeiro lugar é que não há maneiras fáceis de se ganhar dinheiro (se fosse fácil, o Warren Buffet não estaria oferecendo todo este dinheiro…). Apostas em loterias e mega-senas são aceitáveis, claro, mas desde que sejam eventuais: não podem ser encaradas como a “solução definitiva para os problemas financeiros”.

Além disso, há uma questão interessante com relação às probabilidades. Já ouviu a frase “aquela pessoa tem sempre muita sorte”? Bem, como vimos na explicação acima sobre o cálculo das probabilidades, é possível aumentar a nossa “sorte” com preparo e conhecimento. Na maioria das vezes, a pessoa não é “sortuda” … na verdade ela aumentou as suas probabilidades de ter sucesso, através de estudo, pesquisa e ‘trabalho’.