Muitas das nossas decisões sobre temas da Educação Financeira são ainda tomadas com base em crenças populares e experiências práticas das pessoas. Isto pode funcionar algumas vezes, mas é mais fruto da sorte do que de um julgamento correto. E você não deveria tomar atitudes assim com relação à sua Aposentadoria.
Vamos analisar 5 destas crenças que você pode estar seguindo, mas não deveria!

 

5 Decisões erradas sobre Aposentadoria que as pessoas ainda cometem

5 Decisões erradas sobre Aposentadoria que as pessoas ainda cometem

 
1. Ainda sou muito jovem para pensar em Aposentadoria.

Esta é o mais clássico dos erros que cometemos neste tema. O ser humano, por natureza, não é muito bom para pensar a longo prazo: para nós, um ‘futuro distante’ significa no máximo 5 ou 10 anos do presente! Tanto é verdade que existem pessoas com 40 ou 45 anos que ainda acham que não precisam pensar na velhice.

Todos sabemos que quanto mais jovem se começa a economizar, mais teremos os juros compostos nos ajudando a garantir um futuro tranquilo.

Não se esqueça: já está tarde para começar a pensar na aposentadoria!

 
2. Calcular errado a idade máxima de vida.

A nossa expectativa de vida está aumentando cada vez mais, à medida que novos avanços na medicina curativa e preventiva aparecem. Por isso, não seja pessimista na hora de calcular até que idade irá viver!

Pesquise sempre a idade média de vida da região que você mora. E lembre-se que isso é uma média: há pessoas que vivem menos e outras que vivem mais! Em que grupo você quer estar?

 
3. Cuidar da Aposentadoria não é só se preocupar com o dinheiro.

Normalmente, a principal preocupação que temos é garantir um rendimento mínimo para quando a nossa idade já não permitir que nossa força de trabalho gere algum dinheiro lícito. Este pode ser o principal, mas este não deve ser o único aspecto para nos preocuparmos.

É preciso nos preparar para algo diferente nesta fase da vida: se não estivermos empregados, o que faremos todos os dias? Acordaremos cedo para fazer exercícios ou só ficaremos assistindo à televisão?

Guarde dinheiro. Mas preocupe-se também em dar um sentido, um significado especial e motivador para continuar levando uma vida feliz.

 
4. Em caso de problemas de saúde mais grave, vou recorrer ao atendimento público.

Isto pode realmente ser uma estratégia correta para outros países mais desenvolvidos. Mas no nosso país, infelizmente a realidade é outra.

Considere que você terá altos gastos médicos em sua Aposentadoria. E planeje-se para isso.

 
5. Vou viver de juros das minhas aplicações.

Correto! Pelo menos em parte …

Uma das maneiras de manter o rendimento é ter uma boa reserva de dinheiro aplicada em investimentos. Mas esta não deve ser a única estratégia a ser adotada.

O ideal é a diversificação: ter alternativas diferentes para se atingir o objetivo final. Assim, além dos investimentos, é preciso buscar planos de previdência (público e privado) e outras rendas como aluguéis ou investimentos em empresas (seja diretamente ou por meio da bolsa de valores).