Na hora de comprar um automóvel, um dos “custos associados” do qual você não conseguirá se livrar será o do seguro. Pelo alto preço do veículo, aliado à grande incidência de roubos e assaltos, o seguro do carro se tornou algo como “um mal necessário”. Já que este gasto é inevitável, o negócio é procurar maneiras de tentar diminui-lo.

Aqui vão 3 dicas para você economizar com o seguro do carro:

1) Faça diversas cotações
Atualmente é muito fácil fazer uma cotação via internet, o que poupa tempo e dinheiro. Você terá que informar alguns dados sobre o seguro do automóvel que quer fazer, e normalmente este seu “cadastro” será enviado a diversos corretores de seguro, que entrarão em contato com você para apresentar uma proposta.

A grande vantagem disso é que você faz uma espécie de pesquisa de preço sem ter que se deslocar fisicamente. A desvantagem é o fato de você ter que colocar alguns dados pessoais na internet, já que sempre há a preocupação com a segurança e a privacidade. Por isso, não faça a cotação do seguro do seu automóvel em qualquer site.

Lembre-se, porém, que o preço não é o único fator a ser analisado. Valores e condições de cobertura, atendimento da corretora, solidez da seguradora, além de outros, devem sempre ser levados em conta na hora de contratar o seguro do seu carro!

2) Não deixe para última hora
Como o seguro do automóvel é geralmente válido para um ano, na grande maioria das vezes esquecemos da data que devemos fazer a sua renovação. Ou seja, quando falta um ou dois dias para o seguro vencer, recebemos uma ligação do nosso corretor avisando do fato. E aí já não há mais tempo para pesquisar preços ou negociar um desconto: como não dá para ficar nem um dia sem o seguro do automóvel (“vai que acontece alguma coisa bem nesse dia”), a solução é aceitar o valor proposto.

Assim, anote a data da renovação e coloque algum tipo de lembrete para não se esquecer desta data!

Dica: no MinhasEconomias é possível cadastrar uma transação futura e definir que um e-mail de lembrete seja enviado para você com um tempo de antecedência!

3) Acumule o seu “bônus”
O “bônus” do seguro do carro é um desconto concedido para aqueles que não precisaram acionar o seguro. Quanto mais tempo sem utilizá-lo, melhor para você (e melhor para seguradora também, claro!).

Isto é importante de ser lembrado pois muitas pessoas acham que, já que estão pagando o seguro mesmo, não há problema se um sinistro ocorrer. Isto é verdade, mas lembre-se que em caso de sinistro (uma batida, um roubo, etc.) você, além de ter que pagar a franquia, perderá o desconto do “bônus” na próxima renovação do seguro do seu automóvel!