Há uma discussão recorrente comparando a rentabilidade do Ibovespa com a do CDI e alguns leitores solicitaram que fizéssemos comparativos com outros investimentos. Neste texto, mostraremos as rentabilidades de dois títulos do Tesouro Direto: os Tesouros IPCA+ com vencimentos em 15 de maio de 2019 e 15 de agosto de 2024.

Fizemos o cálculo de um investimento inicial único de R$ 1.000 até as datas de referência: 15 de maio de 2019 para o Tesouro IPCA+ 2019 e 23 de maio de 2019 para o Tesouro IPCA+ 2024. Utilizamos o PU de Compra na data inicial e o PU de Venda na data de referência, e levamos em consideração a taxa de custódia de 0,30% ao ano cobrado pela B3. Os saldos apresentados são brutos, isto é, sem o desconto do imposto de renda.

No caso do Tesouro IPCA+ 2019, nossos dados se iniciam em 14/jan/2013 e terminam com o vencimento do título em 15/mai/2019. É interessante notar que apenas os investimentos do primeiro semestre de 2013 tiveram rentabilidade significativamente menor do que a do CDI.

NTN-B Principal 2019 x CDI

NTN-B Principal 2019 x CDI

 

Já no caso do Tesouro IPCA+ 2024, nossos dados se iniciam em 11/ago/2005 e terminam na data de 23/mai/2019, data deste texto. Neste caso, os investimentos realizados entre 2005 e o início de 2012 apresentaram ganhos bastante superiores aos do CDI. Apenas os investimentos realizados entre o segundo semestre de 2012 e o primeiro semestre de 2013 apresentaram rentabilidade inferior à do CDI.

NTN-B Principal 2024 x CDI

NTN-B Principal 2024 x CDI