Certamente é mais cômodo investir no Tesouro Direto através da corretora do próprio banco em que você mantém a conta-corrente. O processo de aplicação e resgate de recursos é muito mais ágil e prático. No entanto, há um preço a se pagar por isto e ele pode ser bastante salgado.

Dentre os maiores bancos de varejo do País, Banco do Brasil, Bradesco e Itaú cobram taxa de 0,5% ao ano para investir no Tesouro Direto. Já Santander e Caixa, cobram 0,4% ao ano. Entretanto, diversas corretoras independentes dos grandes bancos simplesmente não cobram taxa alguma. Há apenas a taxa de 0,3% ao ano destinada à BM&F, que é cobrada para todo e qualquer investimento realizado no Tesouro Direto.

Esta taxa de 0,4% ou 0,5% ao ano não parece ser muita coisa em troca da comodidade e praticidade de se aplicar no mesmo banco em que se tem conta-corrente. Porém, no longo prazo, esta diferença fará falta no seu bolso. No gráfico abaixo, ilustramos os saldos acumulados para aplicações em diferentes títulos do Tesouro Direto para o período entre 10 de março de 2015 e 22 de novembro de 2017. Consideramos uma aplicação inicial de R$ 1.000 e os saldos já se apresentam descontados da taxa da BM&F e da taxa da corretora (0% para corretora independente e 0,5% ao ano para corretora de banco).

 

Tesouro Direto - Corretora independente vs. Banco de varejo

Tesouro Direto – Corretora independente vs. Banco de varejo – comparação entre diferentes títulos

 

As diferenças apresentadas entre os investimentos realizados em corretora independente com taxa de 0% e em corretora ligada a banco, com taxa de 0,5% ao ano, variam entre R$ 18 e R$ 20 aproximadamente. Não parecem ser valores altos, mas vale lembrar que se o valor aplicado fosse de R$ 100 mil, estaríamos falando de valores entre R$ 1.800 e R$ 2.000…

Para quem pensa em juntar dinheiro para uma aposentadoria tranquila, esta diferença pode ser ainda mais dramática. No gráfico seguinte, fazemos a mesma comparação, mas ilustrando a diferença ao longo de 30 anos. Fizemos os cálculos assumindo uma rentabilidade fixa anual de 6% e investimento inicial de R$ 1.000.

 

Tesouro Direto - Corretora independente vs. Banco de varejo

Tesouro Direto – Corretora independente vs. Banco de varejo – Comparação hipotética ao longo de 30 anos

 

O que podemos visualizar é que a diferença é pouco significativa nos primeiros anos, mas ela chega a ser de R$ 730 após 30 anos. Se a aplicação inicial fosse de R$ 100 mil, teríamos deixado R$ 73.000 para o banco após 30 anos de investimento. Para nós, este valor possibilitaria uma velhice muito mais tranquila. E pra você?