Recentemente, um amigo próximo recebeu um bom dinheiro extra, fruto da venda de um imóvel da família. O dinheiro mal foi depositado na conta e, logo no dia seguinte, ele já recebeu a ligação do seu gerente do banco, oferendo alternativas e oportunidades de investimento! Este meu amigo ficou surpreso com tamanha atenção … para dizer a verdade, ele nem sabia que tinha um gerente de banco!

Surpresas à parte, a verdade é que quanto mais dinheiro você tem, maiores são as oportunidades de se ganhar dinheiro. Isso sem contar que você será melhor tratado e atendido pelas instituições financeiras. Não se iluda, todos estarão atrás do seu dinheiro. Mas não se preocupe com isso: aproveite o momento e escolha as melhores alternativas para você.

MENORES TAXAS DE ADMINISTRAÇÃO
Se você consultar os fundos de investimentos disponíveis no seu banco, verá que muitos deles tem um valor mínimo de aplicação. Por exemplo, você encontrará fundos de renda fixa cujo valor mínimo de investimento pode ser de R$ 500, R$ 10.000, R$ 100.000 e até R$ 300.000 ou mais. Estes fundos são, em sua essência, similares: todos eles irão aplicar seu dinheiro em produtos de renda fixa, como títulos do Tesouro Nacional.

O que irá variar entre eles é a taxa de administração cobrada pelo banco: quanto maior o valor a ser investido, menor a taxa de administração.

Esta diferença na taxa de administração pode não parecer grande: pode variar, por exemplo, de 2,5% a 0,5% ao ano. Mas se você fizer as contas na ponta do lápis, verá que a longo prazo a diferença no lucro acumulado é significativa. Por isso, não subestime uma diferença de ‘meros’ 2% ao ano!

Observação: Para fundos de curto prazo, Di e de renda fixa, em geral, uma menor taxa de administração significa uma melhor rentabilidade. O mesmo já não ocorre necessariamente com fundos de ações e multimercado, onde a capacidade de gestão gera mais impacto do que a taxa de administração.

quantomaistem_interior

 

MELHORES TAXAS DE RENTABILIDADE
Para produtos de renda fixa oferecidos pelos bancos como CDBs, LCIs e LCAs, um volume maior de recursos para investimento significa uma melhor taxa de rentabilidade. Por exemplo, o CDB-DI, um dos títulos mais ofertados pelos bancos pode render algo como 80% do CDI para quem tem apenas R$ 1.000 para investir. Já para quem tem R$ 100 mil, as taxas geralmente variam entre 95% e 100% do CDI. Clientes com mais de R$ 1 milhão, normalmente conseguem taxas superiores a 100% do CDI.

 

MAIS OPÇÕES DE INVESTIMENTO
Outra vantagem é que algumas opções de investimento só são disponibilizadas para quem tem bastante dinheiro. Voltando à história do meu amigo, o gerente do banco deu pelo menos 2 alternativas de investimento que ele não havia encontrado no site do banco! E outras 2 que estavam muito escondidas … Eram alternativas interessantes, algumas delas com um risco maior, porém tudo foi muito bem explicado pelo gerente do banco.

Ou seja, o meu amigo ganhou efetivamente uma ‘consultoria financeira’ gratuita! Bem, sabemos que ‘nada é de graça nesta vida’. Caso isto venha a acontecer com você, lembre-se que o gerente do banco também quer vender produtos financeiros que sejam mais rentáveis ao banco, e não necessariamente bons para você.

Creio que poucos irão passar alguma informação errada sobre os investimentos, mas pode ocorrer omissões e ele aplicará um discurso para ‘vender o peixe’.

Por isso, é importante você ter um razoável entendimento do mundo das finanças para, no mínimo, conseguir fazer as perguntas certas e relevantes para o seu gerente.

INVESTIDOR QUALIFICADO
Alguns investimentos só estão disponíveis para os chamados ‘investidores qualificados’. E para ser ‘qualificado’, o investidor precisa ter no mínimo R$ 300.000 de investimentos financeiros (ações, fundos de investimento, CDBs, etc.) e assinar uma declaração atestando a sua condição de investidor qualificado.

O objetivo desta classificação é tentar determinar aqueles investidores que tenham um melhor conhecimento do mercado financeiro. Estas pessoas estariam então ‘liberadas’ para investir em produtos financeiros mais complexos: estes produtos não são necessariamente mais rentáveis ou mais arriscados, porém exigem do investidor maior experiência para entender exatamente onde está colocando o seu dinheiro.

RESUMINDO:
Da mesma forma que vale mais a pena economizar um dinheiro por um tempo para pagar à vista na compra de algum bem, no mundo dos investimentos quem tem dinheiro ‘vivo’ é rei!