Pergunta: Meu salário atual gira em torno de R$ 1.000, mas há muitos descontos. Dentre eles, um referente ao pagamento de uma casa que comprei pela Previ-Rio, mas não moro lá e ela fica fechada. Fora isso, preciso pagar R$ 400 ao caseiro. Estou ainda com uma dívida no banco onde recebo o salário. Gostaria de uma orientação em relação à casa: devo vender ou alugar? Ajude-me! (A.B.)

Resposta:A resposta à sua pergunta vai depender de algumas variáveis. As principais são o valor líquido que irá receber do aluguel (receita menos despesas de reforma e manutenção, incluindo o caseiro, além da comissão do corretor, se for o caso) e o valor de venda do imóvel (se houver algum interessado).

A vantagem de alugar é que você poderá contar com uma renda extra, mas, dependendo do montante de sua dívida e da taxa de juros, este dinheiro a mais talvez não seja suficiente para cobrir os pagamentos. Por outro lado, o problema de alugar um imóvel é o risco de que fique desocupado por muito tempo, o que significa mais gastos.

Quanto à venda, o grande benefício é você poder quitar rapidamente a sua dívida e economizar tanto o dinheiro dos juros como as despesas com o caseiro. Além disto, pode ser que sobre alguma coisa para servir de reserva em emergências e até para fazer uma poupança visando à aposentadoria ou a outros objetivos. Cabe lembrar, no entanto, que é preciso muita disciplina para que o dinheiro não “evapore” rapidamente.

De qualquer forma, seja qual for sua decisão e seu nível de bom senso, eu o aconselho a agir com toda a rapidez possível. Em curtíssimo prazo, se nada for feito, sua dívida bancária só fará aumentar e a um ritmo cada vez maior. Boa sorte, amigo.