Das 30 pessoas mais ricas do Brasil, metade tem a herança como origem principal de suas fortunas. Isto ajuda a confirmar o velho dito popular de que o “Dinheiro atrai dinheiro”. Mas o mais interessante é que esta frase continua verdadeira, independente da quantidade de dinheiro. Não é preciso ter milhões ou bilhões: qualquer quantia de dinheiro atrairá mais dinheiro. Como?

Isto não é algo automático, são precisos dedicação e estudo para isso. Vamos então para algumas dicas sobre este assunto:

Acumule: o primeiro passo, e provavelmente o mais importante, é juntar dinheiro. Não há milagre, você TEM QUE POSSUIR UM EXCEDENTE MONETÁRIO, uma poupança, para começar a fazer o dinheiro trabalhar para você. Para isso, corte gastos, evite desperdícios e faça um bom controle financeiro. E claro, melhorar o salário também ajuda nesta tarefa!

Investimento: dinheiro bem investido rende juros, o que é mais que atrair, é dinheiro gerando dinheiro mesmo. E lembre-se do poder dos juros compostos. A Albert Einstein é atribuída a seguinte frase: “Os juros compostos são a força mais poderosa do universo”.

Gaste … sabiamente: parece um contra-senso, mas em nossa vida é preciso encontrar um equilíbrio entre o trabalho e o lazer (e por lazer, entenda-se não só divertimento, mas também cultura, conhecimento, relaxamento, etc.). Isto nos faz mais produtivos e criativos em nosso trabalho … o que vai atrair mais dinheiro ainda!

Empreenda: dizem por aí que, para um empregado ganhar dinheiro, só mesmo virando dono. Mas é preciso ter um dinheiro disponível para começar a pensar em investir e tornar-se dono do seu próprio negócio.

E para terminar, mais uma consideração sobre os mais ricos do Brasil. No topo da lista estão pessoas que criaram sua própria fortuna (Jorge Paulo Lemann, Joseph Safra e Marcel Telles).
Ok, todos eles vêm de famílias ricas, tiveram excelente educação e ótimos “contatos”. Mas não tiveram uma grande herança em dinheiro. Assim, anime-se! Você pode ser o próximo bilionário.