Notícias recentes anunciam que já é possível parcelar as compras diretamente no cartão de crédito.

Antigamente já era possível realizar o parcelamento do pagamento da fatura. Mas a novidade agora é que o número de parcelas é muito maior (até 48 vezes, em alguns casos) e as taxas cobradas estão um pouco mais baixas (de 0,9% até 1,9% ao mês, aproximadamente).

As grandes vantagens deste financiamento direto no cartão são sua facilidade e comodidade. Afinal, não é necessário fazer cadastro, levar documentos originais e cópias ou ler e assinar longos contratos.

Mas vale mesmo a pena fazer este parcelamento?

O ideal mesmo seria pagar à vista e negociar um desconto. Mas se isto não for possível, pelo mesmo leve em consideração estas duas importantes dicas abaixo:

1) Não compre antes de comparar as taxas de juros cobradas com as outras formas de financiamento (crédito consignado ou financiamento pessoal, por exemplo). Dá mais trabalho, mas pode te economizar um belo dinheiro!

2) Sempre analise se você conseguirá pagar as parcelas. E não se esqueça de levar em conta que imprevistos acontecem: o que acontecerá se você por acaso perder o emprego?

Boas compras!