2.1 Como o Minhas Economias vai me ajudar a ter uma melhor Educação Financeira ?

O objetivo da educação financeira é capacitar as pessoas a tomarem suas próprias decisões financeiras da melhor forma possível. Ser educado financeiramente é fundamental para que as pessoas possam ter uma melhor qualidade de vida, pois quem tem dificuldades financeiras raramente consegue viver bem. Em linhas gerais, você precisa diferenciar as suas reais necessidades dos desejos. Isto lhe ajudará a economizar, gastando apenas no que é realmente importante para a sua vida e seus objetivos. Outro ponto é acompanhar suas despesas e receitas e descobrir aonde seu dinheiro foi gasto. Com o tempo e este controle você irá conseguir enxergar aonde pode economizar mais. É aí que entra o Minhas Economias. Uma das principais funcionalidades disponíveis é a de controle financeiro.

Quando você conseguir começar a poupar, você irá precisar saber como investir, pois essa é a forma de você fazer o dinheiro trabalhar por você. Estabelecer objetivos também é algo importante pois o ajuda a focar mais nos gastos.

Bom, isto é só uma pequena introdução. Há muito material disponível gratuitamente na Internet e nós também temos um material básico em www.minhaseconomias.com.br/educacao.do

Consulte também nosso blog onde estaremos escrevendo mais sobre Educação Financeira !

Voltar ao índice

2.2 Quero registrar minhas despesas e receitas. Qual a primeira coisa a fazer ?

Antes de começar a registrar suas despesas e receitas, há 2 passos a serem realizados:
1) Cadastre seus meios de pagamento/recebimento (contas bancárias, cartões de crédito, dinheiro em espécie, etc) na caixa “Contas” localizada na lateral esquerda superior da aba de “Transações”. Informe também o saldo inicial destas contas;
2) Cadastre suas categorias de despesas e receitas (já há algumas pré-cadastradas, mas que podem ser excluídas ou editadas) na caixa “Categorias” situada logo abaixo da caixa “Contas”;

A partir daí é só lançar suas despesas e receitas em “Cadastro de nova transação”, sempre utilizando as contas e categorias cadastradas. Na área central, você pode visualizar as transações a partir de uma data escolhida e acompanhar o que já foi lançado;

No canto superior direito de cada caixa há um ponto de interrogação. Ao clicar, você poderá obter algumas dicas de uso específicas daquela caixa.

Disponibilizamos também um material básico sobre o funcionamento da ferramenta. Acesse as páginas:
www.minhaseconomias.com.br/como_funciona.do
www.minhaseconomias.com.br/dicas_de_uso.do

Voltar ao índice

2.3 Por que é necessário cadastrar as contas ?

O Minhas Economias trabalha com o conceito de categorias e contas. Algumas categorias e contas vêm previamente cadastradas, mas você pode alterá-las sempre que quiser e mesmo criar outras novas.
Contas são os meios de pagamento com os quais as despesas são realizadas ou os meios por onde as receitas são recebidas. As contas podem ser contas-corrente ou de poupança, cartões de crédito, contas de investimentos, valores em espécie (caixa) ou mesmo cheques utilizados.
Você deve cadastrar todos os seus meios de pagamento de forma individualizada, isto é, criar uma conta no Minhas Economias para cada conta-corrente e cada cartão de crédito que possuir. O trabalho inicial será maior, mas seu controle financeiro será muito mais efetivo – o que lhe trará maiores benefícios no futuro.
Outro aspecto que não deve ser negligenciado na criação de uma conta é o saldo inicial que deve ser preenchido para cada uma delas. Você deve preenchê-lo com o saldo de sua conta bancária ou o total de limite tomado em cada cartão de crédito, referentes à data inicial em que você estiver iniciando seu controle financeiro.
Este é um passo importante, pois é a partir deste valor e das transações registradas que o Minhas Economias irá lhe informar os saldos atualizados de cada conta.

Assista AQUI os nossos tutoriais de inclusão e edição de contas !

Voltar ao índice

2.4 Como incluo novas contas ?

Além das contas que já se encontram pré-cadastradas, você pode cadastrar contas personalizadas. Basta clicar no botão “Nova Conta” no canto inferior direito da sua lista de contas. Uma janela se abrirá. Digite o nome de sua nova conta, o saldo inicial e clique no botão “Salvar”.

Assista AQUI os nossos tutoriais de inclusão e edição de contas !

Voltar ao índice

2.5 Como altero os nomes das contas ?

Para EDITAR uma conta, clique sobre o nome da conta e em seguida sobre EDITAR. Pronto, o nome da conta e o saldo inicial já poderão ser alterados. Após a edição, clique no botão “Salvar”.

Assista AQUI os nossos tutoriais de inclusão e edição de contas !

Voltar ao índice

2.6 Para que serve o Saldo Inicial que aparece na tela de edição ou inclusão de contas ?

O Saldo Inicial pode ser o saldo existente em sua conta-corrente ou saldo ainda não quitado do cartão de crédito no momento anterior ao início do lançamento de suas transações. Trata-se de uma informação importante pois é a partir deste valor que o Minhas Economias estima o saldo atual de suas contas.

Voltar ao índice

2.7 Quais os tipos de contas que eu devo incluir ?
Inclua as contas-corrente e contas-poupança, cartões de crédito, caixa (valores em espécie), investimentos e cheques. Preferencialmente, crie uma conta para cada meio de pagamento que possuir. O trabalho inicial de cadastro de contas será amplamente compensado no futuro com um controle mais efetivo. Com o tempo você perceberá as vantagens que isto lhe oferece.

Voltar ao índice

2.8 Posso agrupar todos os meus meios de pagamento em uma única conta ?

Sim, mas isto não é recomendável. Uma das vantagens em se ter um controle financeiro é poder estimar os saldos futuros esperados de suas contas. Estando estas agrupadas em uma única conta, o sistema, por exemplo, não conseguiria lhe informar que determinada conta passasse a apresentar saldo negativo em um determinado momento.

Voltar ao índice

2.9 Para que servem as categorias ?

O Minhas Economias trabalha com o conceito de categorias e contas. Algumas categorias e contas vêm previamente cadastradas, mas você pode alterá-las sempre que quiser e mesmo criar outras novas.
Categorias podem ser entendidas como sendo itens de despesas (como aluguel, tarifas bancárias, contas de luz e água, etc.) ou receitas (como salário, honorários, dividendos, etc.).
As categorias podem também ser agrupadas dentro de outras categorias. Por exemplo, você pode criar a categoria “Casa” e dentro dela, criar as categorias “Aluguel”, “Internet”, “Luz” e “Telefone”. Isto lhe permite fazer análises mais detalhadas de seus gastos, auxiliando em um melhor planejamento financeiro.
No canto superior direito da caixa de categorias há um ponto de interrogação. Ao clicar, você poderá obter algumas dicas de uso específicas de como cadastrar categorias.

Assista AQUI os nossos tutoriais sobre categorias !

Voltar ao índice

2.10 Como incluo novas categorias? Como edito categorias existentes ?
O Minhas Economias oferece algumas categorias já cadastradas. No entanto, o usuário pode incluir suas próprias categorias e editá-las sempre que quiser, inclusive as pré-cadastradas. Pode também arrastar categorias para dentro de outras categorias e assim agrupar categorias conforme suas próprias necessidades.

Para CRIAR uma nova categoria, clique no botão “Nova Categoria” que se encontra no canto inferior direito da sua lista de categorias. Digite o nome desejado e clique no botão “Salvar”. A nova categoria será criada no final da lista, e você poderá então movê-la para a posição que desejar.
Também é possível criar a sua nova categoria já como uma sub-categoria. Para isso, primeiro clique na categoria debaixo da qual a nova categoria deverá ser criada, e então clique em “Nova Categoria”.

Para MOVER uma categoria, clique sobre ela, arraste e solte no lugar desejado; Você também pode MOVER uma categoria para dentro de outra, criando um grupo de categorias. Você pode AGRUPAR em até 3 níveis de categorias. Por exemplo: Casa>Telefone>Celular.

Para APAGAR ou EDITAR uma categoria, clique sobre o nome da categoria e em seguida sobre APAGAR ou EDITAR.

Atenção: as categorias “Sem categoria” e “Transferência” são fixas e não podem ser editadas.

Voltar ao índice

2.11 O que são hierarquias de categorias ?
As hierarquias funcionam como agrupamentos de categorias. Por exemplo, você pode criar uma categoria chamada “Alimentação” e dentro desta você pode incluir outras categorias como “Restaurante” e “Supermercado”. A estrutura resultante é semelhante ao menu “Favoritos” de seu browser ou mesmo à estrutura de diretórios que aparece no Windows Explorer. No Minhas Economias, você pode criar até três níveis de categorias.

Voltar ao índice

2.12 Posso cadastrar categorias com o mesmo nome ?
Sim, desde que elas não estejam no mesmo nível de hierarquia.

Voltar ao índice

2.13 Como devo organizar minhas categorias ?
O Minhas Economias possibilita a criação de até três níveis de categorias. Isto lhe permite organizar suas categorias de forma a facilitar a análise de suas despesas. Por exemplo, você pode criar uma categoria chamada “Alimentação” e dentro desta você pode criar algumas outras como “Restaurante”, “Supermercado” e “Padaria”. Assim, você poderá fazer macro-análises do tipo “Quanto os gastos em alimentação representam em meu orçamento mensal?”

Ao observar que os gastos em alimentação neste mês foram bastante elevados, sua próxima pergunta será: “Como eu gastei tudo isto em Alimentação?” Neste ponto, você poderá então filtrar as despesas que compõem esta categoria, ou seja, analisar os gastos despendidos em restaurante, supermercado e padaria.

Caso queira rastrear melhor suas despesas, você poderá ainda criar mais um nível de categorias. Digamos que queira verificar quanto gasta em restaurantes no decorrer da semana de trabalho e a lazer nos finais de semana. Duas novas subcategorias podem ser criadas dentro da subcategoria “Restaurante”. Exemplos: “Restaurante Trabalho” e “Restaurante Lazer”. Com isto, ao verificar que seus gastos em restaurantes estão bastante elevados, você pode fazer mais uma análise, olhando apenas para a subcategoria “Restaurante”.

Finalmente, ao verificar que o gasto em restaurantes nos finais de semana foi excessivo, você poderá então tomar as medidas necessárias para equilibrar suas contas: cortar os gastos nesta subcategoria ou aumentar sua receita ? – mas aí a decisão fica por sua conta!

Voltar ao índice

2.14 Pronto, já criei minhas contas e categorias. Como faço para registrar minhas transações de despesa e receita ?

Na aba de “Transações”, escolha o tipo de transação a ser inserida: Despesa, Receita ou Transferência.
– No campo “Descrição”: informe um texto simples, com as palavras chaves que descrevam a que se refere a transação. Se quiser dar mais detalhes ou escrever um texto mais longo, clique em “Mais opções” e utilize o campo “Nota”;
– No campo “Categoria”: há diversas maneiras de escolher a categoria da sua transação:
a) clique na seta ao lado do campo “Categoria” e escolha uma dentre as opções da lista;
b) você também pode digitar a categoria diretamente no campo. À medida que digita, o Minhas Economias irá mostrar todas as categorias que possuem as mesmas iniciais que você está digitando;
c) se você digitar uma Categoria que ainda não esteja cadastrada, ela será criada automaticamente para você. Depois você poderá entrar na tela de editar categorias e classificá-la da maneira que lhe convier;
– No campo “Conta”: clique na seta ao lado do campo “Conta” e escolha uma dentre as opções da lista. Aqui você também pode começar a escrever diretamente no campo e lhe serão mostradas as contas que possuem as mesmas iniciais que você está digitando:
– No campo “Valor”: digite o valor da sua transação;
Pronto, basta clicar no botão “Adicionar transação” ou pressionar a tecla “Enter”.

Assista AQUI os nossos tutoriais sobre cadastro de transações !

Voltar ao índice

2.15 O que diferencia uma transação de despesa, de receita e de transferência ?
Despesas são interpretadas pelo sistema como valores a subtrair de uma determinada conta. Receitas são interpretadas pelo sistema como valores a adicionar a uma determinada conta. Transferências são valores transferidos de uma conta à outra. Conta Origem é a conta a ter o valor subtraído e Conta Destino é a conta a ter o valor acrescido.

Voltar ao índice

2.16 Tenho uma despesa que se repete todo mês. Tenho que ficar registrando-a mensalmente ou há alguma maneira mais fácil ?

SIM. Na tela de cadastro de transações, clique em “Mais Opções” para exibir a opção de “Repetir Transação”. Nela, você pode fazer com que sua transação se repita automaticamente várias vezes. Para isso, informe os dados abaixo:
– No campo “Iniciar em”: esta informação já é preenchida automaticamente a partir da data de sua transação. É a data em que as transações começarão a ser repetidas;
– No campo “Interromper em”: preencha aqui a data em que a repetição das transações deve terminar. Caso não preencha este campo, o sistema entende que a transação será repetida infinitas vezes;
– No campo “Repetir a cada”: informe aqui de quanto em quanto tempo a transação deve ser repetida. Há 2 campos, o primeiro para cadastrar o número de repetições, e o segundo para informar o intervalo (dias, semanas, meses ou anos).
Pronto, basta clicar no botão “Adicionar transação” ou pressionar a tecla “Enter” para inserir a transação com as novas opções.

Assista AQUI o tutorial sobre transações recorrentes!

Voltar ao índice

2.17 O que acontece quando excluo uma transação de uma série ?
Ao excluir uma transação de uma série, esta se dividirá em duas séries: uma que se encerra no dia imediatamente anterior e outra que se inicia no aniversário seguinte ao da transação excluída.

Voltar ao índice

2.18 Como posso saber se determinada transação é recorrente (periódica) ?
Quando uma transação é recorrente, o sistema irá apresentar este símbolo recorrente logo abaixo da descrição da transação.

Voltar ao índice

2.19 Para que serve a marcação de transação consolidada ?
Uma vantagem desta funcionalidade é que o usuário pode usá-la para diferenciar as transações realizadas daquelas que ainda não o foram.

Voltar ao índice

2.20 Tenho uma planilha onde registro os meus gastos, pois nem sempre acesso a internet. É possível importar estas transações para o Minhas Economias ?

Sim, é possível. Na aba de “Transações”, clique em “Importar Dados” (se encontra na parte superior direita da tela), escolha a opção “Quero importar os dados da minha planilha excel. Formato .xls”. Aí é só clicar em “Avançar” e seguir as instruções.

Assista AQUI o tutorial sobre importação de transações!

Voltar ao índice

2.21 Como faço para importar as transações do meu extrato bancário ?

Na aba de “Transações”, clique em “Importar Dados” (se encontra na parte superior direita da tela), escolha a opção “Quero importar o meu extrato bancário gerado pelo home banking do meu banco. Compatível com formatos .ofc e .ofx”. Aí é só clicar em “Avançar” e seguir as instruções.

Voltar ao índice

2.22 Quero fazer um back-up das transações que cadastrei no Minhas Economias. É possível exportá-las ?

Com certeza. Na aba de “Transações”, clique em “Exportar Dados” (se encontra na parte superior direita da tela) e siga as instruções.

Assista AQUI o tutorial sobre exportação de transações!

Voltar ao índice

2.23 Quero fazer uma análise de determinadas transações. Existe alguma maneira de exibir somente transações de um certo período, conta ou categoria ?

Há diversas maneiras de filtrar as transações que são exibidas na tela:
– Por mês e ano: é possível definir o mês e o ano das transações a serem exibidas. Para isso, logo abaixo do cadastro de transações, existe uma barra onde é possível escolher o ano e clicar no mês desejado.
Ao se cadastrar uma transação, o sistema automaticamente escolhe o mês e o ano da transação registrada, para que seja possível visualizá-la.
Caso haja a necessidade de exibir as transações de mais de um período ao mesmo tempo, utilize o “Gráfico de Linha – Saldo das Contas”. Lá é possível definir uma data de início e fim para exibição das transações, e então clicar no gráfico para que sejam exibidas as transações.
– Por contas: você pode exibir somente as transações de uma ou mais contas. Para isso, basta selecionar as contas clicando na caixa de seleção que está à esquerda de cada uma. Se nenhuma conta estiver selecionada, as transações de todas as contas serão exibidas;
– Por categorias: da mesma forma que nas contas, selecionar uma ou mais categorias fará com que somente as transações destas categorias sejam exibidas;
– Para eliminar os filtros: sempre que houver algum filtro (seja de Contas, Categorias ou Palavras-Chave), você verá uma caixa de exibição com o título “Filtros”, logo acima da exibição das transações. Você pode remover cada Filtro clicando no “X” de cada caixa, ou remover todos os filtros clicando no botão “Remover Todos”.

Voltar ao índice

2.24 Quero achar uma transação que tenho certeza que cadastrei no passado, mas não a encontro. Existe alguma maneira de facilitar a minha busca ?

Utilize os filtros para tentar diminuir o número de transações exibidas e facilitar a sua busca. Particularmente, o filtro por “Palavra-Chave” pode ser muito útil.
Lembre-se também que a transação procurada pode ter sido cadastrada, por engano, em uma outra categoria, conta ou data. Por exemplo, ao invés de digitar 10/01/2009, você pode ter digitado 10/01/0009.

Voltar ao índice

2.25 O sistema pode me enviar algum lembrete de um pagamento que tenho que fazer no futuro ?

SIM, na tela de cadastro de transações, clique em “Mais Opções” para exibir a opção de “Lembrete”. O Minhas Economias pode enviar-lhe um e-mail para lembrá-lo, por exemplo, que uma determinada transação tem que ser paga. Escolha aqui com qual antecedência o e-mail deve ser enviado.

Voltar ao índice

2.26 Lancei uma transação, mas agora quero corrigir alguns dados. Como proceder ?

Você pode editar (modificar ou eliminar) uma determinada transação clicando no ícone do Lápis, localizado à direita de cada transação.

Voltar ao índice

2.27 É possível modificar ou excluir várias transações de uma vez ?

Para eliminar várias transações, selecione-as e então escolha a opção “Excluir” da caixa “Mais ações”.
É possível também trocar a categoria das transações coletivamente: selecione uma ou mais transações e então escolha uma das categorias na caixa “Alterar categoria”. Todas as transações selecionadas serão classificadas com a categoria escolhida.

Voltar ao índice

2.28 O que devo fazer para ver somente as transações de determinadas contas ou categorias ?

Você pode utilizar as funcionalidades de filtros:
– Filtros por “Contas”: você pode exibir somente as transações de uma ou mais contas. Para isso, basta selecionar as contas clicando na caixa de seleção que está à esquerda de cada uma. Se nenhuma conta estiver selecionada, as transações de todas as contas serão exibidas;
– Filtros por “Categorias”: da mesma forma que nas contas, selecionar uma ou mais categorias fará com que as somente as transações destas Categorias sejam exibidas.

Para eliminar os filtros: você verá uma caixa de exibição com o título “Filtros”, logo acima da exibição das transações. Você pode remover cada Filtro clicando no “X” de cada caixa, ou remover todos os filtros clicando no botão “Remover Todos”.

Voltar ao índice

2.29 Que tipo de ferramentas o site disponibiliza para uma melhor análise das minhas transações

O Minhas Economias disponibiliza uma série de gráficos e relatórios para você realizar esta análise. Eles são bem interativos, e com o tempo será quase que uma diversão utilizá-los. Use-os com freqüência para ganhar cada vez mais controle sobre seus gastos e receitas.
Cique na aba “Análise” e selecione a sua opção. Você também pode definir filtros por data, categorias e em algum casos, por contas. Para maiores instruções, clique no ponto de interrogação existente no canto superior direito de cada gráfico / relatório.

Voltar ao índice

2.30 Qual o significado das transações Consolidadas e Não consolidadas? E como utilizá-las?

A consolidação serve para diferenciar lançamentos confirmados daqueles que ainda não o foram. Muitos usuários lançam transações futuras, muitas vezes com valores esperados ou então transações que esperam ocorrer. A consolidação serve então para diferenciar estes lançamentos daqueles que ele já sabe que irão ocorrer ou ocorreram.
Os saldos das contas não levam em consideração se as transações foram ou não consolidadas.

Voltar ao índice