Com o baixo rendimento da poupança e o desconhecimento (ou medo) da população em buscar novas alternativas mais arriscadas, o investidor precisa descobrir outras formas de aplicar o próprio dinheiro.

Só que é preciso também “descobrir o seu próprio perfil de investidor” e identificar qual a melhor opção de acordo com as suas características próprias, seus objetivos e o tempo que tem disponível para investir.

A seguir, algumas opções de investimento de acordo com a realidade de cada pessoa:

Poupança – É indicada para pessoas conservadoras, que pensam mais em guardar dinheiro com baixo risco. Os benefícios da poupança são: o investimento é o mais seguro e o dinheiro pode ser resgatado a qualquer momento sem cobrança de impostos ou taxas, caso aconteça uma emergência. Porém, valores resgatados antes fora da “data de aniversário” não recebem nenhum rendimento.
Tempo: Não existe um tempo mínimo, quanto mais tempo o investidor puder deixar melhor.

Tesouro Direto – Indicado para pessoas que querem investir e ter bons rendimentos, mas não têm disponibilidade de acompanhar as mudanças do mercado de renda variável. Os benefícios do Tesouro Direto são: o rendimento tende a ser melhor se comparado com as outras aplicações de renda fixa, as taxas de administração e de custódia são baixas e o Imposto de Renda só é cobrado no momento da venda ou vencimento do título.
Tempo: Aconselhável para investimento a longo prazo. Para pagar o mínimo possível de Imposto de Renda, 15%, é preciso que o dinheiro permaneça investido pelo menos 721 dias (2 anos).

Ações – Pessoas que têm disponibilidade para acompanhar o mercado de renda variável e entendem um pouco de ações encontram na bolsa uma boa alternativa de investimento. O benefício de investir em ações é que pode-se ganhar mais dinheiro do que em rendimentos fixos. Porém, o risco é maior.
Tempo: Quanto mais tempo disponível sem precisar do dinheiro melhor, porque o investidor pode planejar a venda de ações no momento mais favorável.

Bons investimentos!

 

Consultoria:  Bruno Gonçalves, analista fundamentalista da WinTrade.