Após atingir a maior variação mensal (desde fevereiro de 2003) em janeiro, quando a inflação medida pelo IPCA chegou a 1,24%, em fevereiro de 2015 o índice apresentou novamente uma forte alta: 1,22%. Com isto, a variação do IPCA nos últimos 12 meses chegou a 7,70%, o maior valor desde maio de 2005, quando a variação chegou a 8,05%. Nestes primeiros 2 meses de 2015, o IPCA já registra 2,47%.

No gráfico abaixo, exibimos a série histórica do IPCA acumulado em 12 meses em conjunto com a meta de inflação do Banco Central e seus limites. É possível visualizar que o teto da meta foi ultrapassado por diversas vezes entre 2011 e 2015, mas agora o novo patamar do IPCA atinge níveis vistos apenas em 2005.

 

IPCA 12 meses - histórico - fev15

IPCA 12 meses – histórico – fev15

 

Para ilustrar como a inflação (medida pelo IPCA) é preocupante, o gráfico abaixo mostra as variações mensais desde 2003. As variações ocorridas em janeiro e, agora, em fevereiro estão em um patamar que não se repete desde o início de 2003, quando o IPCA de fevereiro daquele ano chegou a 1,57%.

 

IPCA mensal - histórico - fev15

IPCA mensal – histórico – fev15

 

No mês de fevereiro, o grupo Educação teve alta de 5,88% por conta principalmente dos reajustes das mensalidades escolares. O sub-item “Educação infantil” foi o que chamou mais atenção com aumento médio de 9,52%. Outros destaques neste grupo foram “Ensino fundamental” e “Ensino médio” com altas, respectivamente, de 9,15% e 9,08%. No gráfico abaixo, mostramos as variações por grupo.

 

IPCA fev-15 por grupo

IPCA fev-15 por grupo

 

Analisando o IPCA de fevereiro por região, vimos que as regiões metropolitanas de Salvador e Recife foram as que registraram as maiores altas no mês: 1,66% e 1,64%. Vitória e Distrito Federal foram as regiões com menores variações: 0,70% e 0,57%, respectivamente.

 

IPCA fev-15 por região

IPCA fev-15 por região

 

Na análise do IPCA nos últimos 12 meses, vimos que o grupo que apresentou maior variação ~foi “Habitação” com alta de 11,31%, seguido de “Alimentação e Bebidas” com 8,99%. Na outra ponta, com as menores variações para este período, aparecem “Vestuário” com 2,87% e “Artigos de Residência” com 4,48%. Dentro do grupo “Habitação”, aparece com destaque o sub-item “Energia elétrica residencial” com fortíssima alta de 30,27%. No gráfico a seguir, exibimos as variações para cada grupo..

 

IPCA 12 meses fev-15 por grupo

IPCA 12 meses fev-15 por grupo

 

Já na análise por região nos últimos 12 meses, o Rio de Janeiro é a região que teve a maior alta na inflação: 9,02%, seguida de Goiânia com 8,95%. Belo Horizonte e Vitória são as regiões com menores altas: 6,64% e 6,99%, respectivamente.

 

IPCA 12 meses fev-15 por região

IPCA 12 meses fev-15 por região

 

Caso queira comentar este e outros textos, por favor, encaminhe uma mensagem para contato@minhaseconomias.com.br