Na semana passada, após uma grande chuva em São Paulo, levei cerca de 2 horas de carro para percorrer um trecho que normalmente levaria cerca de 20 minutos. Durante este tempo que passei lá, fiquei pensando: seria possível, de alguma maneira, viver em uma grande cidade sem ter um automóvel?

Não consegui chegar a uma certeza de que isso seria viável, mas pelo menos é possível listar algumas condições para que este ‘sonho’ fique mais próximo da realidade:

1. Tenha um emprego em um local fixo.

Em 5 dos 7 dias da semana teremos que nos deslocar até o trabalho. Assim, se você tem um emprego que exige muito deslocamento para diferentes lugares, para visitar clientes por exemplo, deixar o carro de lado será muito complicado.

Mas, se você trabalha em um local fixo, será muito mais fácil planejar o uso de algum outro tipo de transporte onde você não precisa ser o motorista (ônibus, metro, carona, ‘fretado’, etc.)!

viversemcarro_interior

2. More perto do trabalho.

Sabemos que esta condição não é fácil, às vezes parece que o mundo inteiro conspira para que os melhores empregos estejam cada vez mais longe de nossa moradia. E, se você é casado(a) e ambos trabalham, aí o cenário é um pouco mais complicado ainda!

Mas, não desista! Se você mora de aluguel, a sua capacidade de mobilidade é maior e talvez seja mais factível escolher um local para morar bem perto do emprego.

3. More perto de uma estação do metrô.

Isto vale principalmente para as grandes cidades, que tendem a ter uma rede metroviária mais extensa. Situação esta que não é de todo incoerente, já que é exatamente nas grandes cidades onde se necessita de mais opções de mobilidade.

Porém, também é importante que o seu local de trabalho esteja perto de alguma estação de metrô ou trem, senão não vai adiantar muito.

4. Não se esqueça da escola das crianças

No mundo ideal, além de você morar perto do trabalho, a escola das crianças também estaria muito próxima, bem como todas as atividades ‘extracurriculares’: aula de natação, futebol, piano, dança, etc.

Entretanto, se isso não for possível, pelo menos neste caso é mais fácil conseguir um transporte contratado que leve e traga de volta os seus filhos.

5. Pesquise os aluguéis de carro … ou, em último caso, use o Táxi.

Mesmo se todos os itens acima forem atendidos, ainda assim você pode necessitar de um carro para uma emergência ou em casos especiais.

Assim, tenha sempre à mão algumas alternativas de aluguéis de carro que sejam em conta. Faça a pesquisa previamente e se possível teste alguns serviços. Há inclusive alguns em que pode alugar o serviço por apenas algumas horas.

E sempre há a possibilidade de se utilizar um Táxi ou Uber, ainda mais com a grande variedade na oferta destes serviços!

6. Outras alternativas
Se você mora em uma das grandes cidades do País, meios alternativos de transporte estão proliferando. Há desde aplicativos de carona até aluguel de bicicleta e, mais recentemente, patinete elétrico. Se você ainda não consegue viver sem ter um carro próprio, esta realidade está cada vez mais próxima…