É melhor receber mais quantidade de um produto ou pagar menos? Se você acha que dá na mesma, você pensa da mesma maneira que a maioria das pessoas. Mas neste caso a sabedoria popular está errada: há sim uma diferença entre receber 50% a mais na quantidade e ter um desconto de 50% no preço.

Nem todos os consumidores estão acostumados a ter um rigor matemático neste tipo de situação. A primeira impressão é olhar somente o percentual das duas situações (neste caso, 50%) e então tirar a conclusão de que ambas as situações são iguais.

Na verdade, um aumento de 50% na quantidade representa um desconto de 33% no preço.

Vamos a um exemplo:
– Suponha que um produto custe R$ 12,00 por unidade. Assim, 10 unidades custariam R$ 120,00
– Ao receber mais 50% em quantidade, você pagará os mesmos R$ 120,00, mas por 15 unidades. O preço por unidade, neste caso, seria de R$ 8,00 (R$ 120 / 15)
– Assim, você teve um desconto no preço por unidade de R$ 4, ou seja, 33% (4 dividido por 12)

Olhando desta maneira, não parece difícil, certo? Mas, pouca gente faria esta conta “de cabeça”.

Serve para os dois lados.

Este tipo de ‘ilusão’ pode ocorrer até para os próprios comerciantes também, de duas maneiras diferentes.

50menos50mais_int

Um primeiro cenário é aquele em que o lojista sabe desta ‘pegadinha’ e, propositadamente, usa em suas promoções a quantidade maior para atrair os consumidores. Não vamos entrar aqui na polêmica sobre se isso é ético ou não, mas com certeza tem muita gente que se utiliza desta artimanha.

No entanto vão existir aqueles comerciantes que também acham que o desconto no preço e o aumento na quantidade são exatamente a mesma coisa. Neste caso, eles podem estar até oferecendo promoções onde estarão tendo uma lucratividade baixa devido a este deslize matemático.

Na prática.

Em um estudo americano, pesquisadores mediram as vendas de uma loção para as mãos em diversas lojas. E descobriram que a opção de um dar um “bonus pack” (pacotes com promoções de leve 3 e pague 2, ou embalagens promocionais com 33% mais produto) foram muito mais efetivas (cerca de 70% maior) do que dar um desconto no preço.

Quantas vezes você já não se deparou no supermercado com este tipo de promoção? Pode comprar sem culpa, já que isto representa sim uma boa forma de desconto. Mas, não deixe de pensar que um desconto de preço no mesmo percentual seria muito mais vantajoso.