Chegar aos 40 e poucos anos é uma espécie de marco em nossa vida, principalmente do ponto de vista financeiro: nesta idade, esperamos já ter uma vida mais estável, com um bom emprego e/ou uma fonte de renda que nos garanta uma vida mais tranquila. Se você já chegou neste ponto da vida, será que já é hora de relaxar?

Bem, relaxar totalmente ainda não dá, afinal você tem muita vida pela frente e, provavelmente, seus filhos precisam de seu suporte financeiro. Assim, vamos descrever 4 erros financeiros críticos que você deve evitar ao atingir esta idade.

1. Realizar uma reforma geral e cara em seu imóvel.

Ao atingirmos a meia idade, parece que a necessidade de se realizar uma grande reforma em nossa moradia se torna imprescindível. Afinal “nós merecemos” finalmente morar de maneira confortável!

erros_financeiros_interior

O problema é que esta é uma atividade que pode se tornar extremamente cara dependendo dos materiais e da mão-de-obra que serão utilizados. Isso sem falar no tempo e esforço pessoal que será gasto para acompanhar a obra.

Não caia na tentação de gastar muito dinheiro com reformas, principalmente se você ainda não conseguiu acumular um patrimônio significativo. E nem pense em fazer algum tipo de empréstimo ou tirar dinheiro de algum investimento!

2. Priorizar somente os gastos com educação dos filhos em detrimento de reservas financeiras.

Um dos grandes gastos que os pais têm com os filhos é relacionado à educação. Há escolas de todos os tipos e preços e, claro, sempre queremos prover o melhor.

Afinal, a educação é o nosso maior legado aos filhos.

Somente tome o cuidado para que este gasto não comprometa as suas finanças. É como no aviso que recebemos no avião: “Em caso de despressurização, máscaras cairão automaticamente. Coloque-a sobre o nariz e a e DEPOIS auxilie os outros, caso necessário”. Ou seja, você precisa estar bem e consciente para conseguir ajudar os outros.

É o mesmo com suas finanças: não deixe de criar uma boa reserva para imprevistos e também se preocupe com a sua aposentadoria, antes de usar todo o seu dinheiro na educação dos filhos. Assim quando você ficar bem velho não precisará ficar pedindo dinheiro emprestado à eles!

3. Não ter seguro.

Muitas pessoas na idade dos 40 tem familiares e filhos que são financeiramente dependentes. Já imaginou se ocorre algum acidente ou imprevisto que lhe tire a capacidade de trabalhar e gerar dinheiro?

Seguros de vida, de acidentes e de vida são bem importantes neste caso. Não subestime a falta de sorte!

4. Não investir o suficiente.

Esta é a idade em que as pessoas estão no pico de sua produtividade e vigor intelectual, assim elas devem aproveitar para investir uma fatia maior do que ganham, comparativamente com outros momentos da vida.

É o momento de se criar a riqueza!

Não caia na ilusão de achar que está ganhando muito bem e que a hora é de gastar e aproveitar a vida. Não deixe de curtir os bons momentos, mas também não exagere.