A época de férias já acabou, mas nunca é tarde para asaber como economizar energia quando você for viajar! É bom para o meio ambiente e melhor ainda para o seu bolso!

Confira as dicas que foram disponibilizadas pela Fundação Procon/SP:

Conseguir economizar energia durante as férias de verão, driblando o uso do ar condicionado e o exagero típico dessa época do ano já é um desafio para os consumidores. Porém, os períodos em que se passa fora de casa viajando também podem contribuir com o consumo de energia, e eles também merecem atenção.

Grande parte dos eletrodomésticos possui o modo stand-by (aquela luzinha que fica acesa mesmo quando você não está usando o aparelho). O modo stand-by ajuda a manter os eletros parcialmente ligados, prontos para o funcionamento. Para evitar o desperdício, o consumidor tem duas opções: desligar o interruptor que existe na parte posterior de alguns modelos ou desligar o aparelho da tomada. Com relação ao aparelho de TV, o melhor é desligar no botão liga/desliga (on/off) ou mesmo tirar da tomada para não correr o risco de continuar gastando energia desnecessariamente.

No entanto, ligar e desligar os aparelhos com frequência pode diminuir sua vida útil. Por isso, o mais aconselhável é deixar os eletrônicos fora da tomada apenas quando não forem ser utilizados por um período de tempo mais longo, como durante uma viagem – mesmo que seja apenas um final de semana.

Outros aparelhos que consumem energia constantemente são aqueles que possuem relógios externos ou internos: forno de micro-ondas, computadores, aparelhos de DVD e receptores de TV a cabo e satélite. Uma boa opção que auxilia na economia de energia na função stand-by é ligar alguns deles em um filtro de linha que tenha um botão liga-desliga. Eles são baratos e disponíveis em supermercados ou lojas de materiais para construção. Assim, todos os aparelhos conectados podem ser desligados ao mesmo tempo, facilitando o controle da energia consumida.

Geladeira

Se a viagem for durar mais de uma semana, esteja atento ao prazo de validade dos alimentos: guarde-os somente se tiverem um prazo razoável, caso contrário, procure consumir antes da viagem – ou então doe-os. Já caso de viagens longas, é válido desligar a chave geral do imóvel e esvaziar a geladeira.

Na área externa da casa, ao invés de deixar a luz acesa como indicativo de presença, o consumidor pode instalar sensores de presença automatizados – o que também auxilia no consumo de energia.