Comprar um carro novo está na moda: o governo dá incentivos e as montadoras fazem grandes “promoções” e “feirões”!

Mas há também uma outra opção à compra do automóvel zero, muito mais razoável se analisarmos este tema sob o ponto de vista da Educação Financeira: comprar um carro seminovo (mais conhecido como “usado”).

Pense bem: se todo mundo está comprando um carro novo e aproveitando a queda de preços, significa que existem menos pessoas comprando os carros usados (menor demanda). E não é só isso: quem compra o carro novo provavelmente está trocando o seu usado: ou seja, há mais oferta de usados.

Já dá para imaginar que os carros usados terão uma tendência de queda de preços maior que a dos carros novos!

Fora isso, você economiza ainda mais se optar pelo usado devido a outros fatores.  Em primeiro lugar, o carro novo se desvaloriza muito nos primeiros 2 anos de uso. E os custos com licenciamento, IPVA e seguro são maiores também para os carros novos.

Tudo bem, não dá para negar que aquele “cheirinho de carro novo” é muito bom. E “desfilar” com um carro zero pelas ruas também é uma massagem no ego. E sempre há o risco de se comprar um usado com problemas de manutenção.

Mas pense bem: a diferença de preço entre um novo e um usado pode significar uma economia que lhe permitirá realizar aquela viagem dos sonhos! Analise com calma e boas compras!